Ex-produtor de Bebe Rexha é preso por fraudar cartão de crédito da cantora

Devine Evans, como é conhecido no mundo musical, gerou uma cobrança de R$ 157 mil no nome da artista

Vagalume

Vagalume

Vagalume

Um ex-produtor de Bebe Rexha foi condenado a dois anos de prisão por fraudar cartões de créditos de alguns artistas, incluindo o da cantora.

De acordo com Daily Mail, o homem, chamado Anthony Evans, conhecido na indústria da música pelo nome de Devine Evans, acumulou milhares de dólares em acusações após utilizar indevidamente o cartão da cantora e de outras pessoas para os serviços de seu casamento, além de compras de passagens aéreas e reservas de hotéis para si mesmo e sua família, em 2017.

Ainda segundo o artigo, Evans teria cometido a fraude por mais de um ano, gerando uma cobrança de 37 mil dólares só na conta de Bebe Rexha, um equivalente a 157 mil reais. As despesas teriam chamado a atenção de seu empresário, que relatou às transações suspeitas.

Devine, que já trabalhou com vários artistas e também é vencedor de um Grammy, se declarou culpado e foi condenado à prisão, nesta segunda-feira (25), em Los Angeles. O produtor também terá que pagar uma restituição à administradora do cartão de aproximadamente R$ 149 mil.

Fonte: Vagalume