Vagalume Jade fala sobre decisão de enfrentar Arthur no Paredão: "Aqui tem que falar e fazer"

Jade fala sobre decisão de enfrentar Arthur no Paredão: "Aqui tem que falar e fazer"

Sister conversou com outras participantes e explicou o porquê de ter indicado o ator e cantor pelo Big Fone

Vagalume
Vagalume

Vagalume

Vagalume

Após a troca de farpas no Jogo da Discórdia, nesta segunda-feira (7), Jade conversou com outras participantes no quarto Lollipop e falou sobre a decisão de ter indicado Arthur Aguiar ao Paredão, pelo Big Fone, para que os dois finalmente se enfrentassem na votação do público.

A explicação veio após Laís falar sobre a conversa que teve com o ator e cantor depois da dinâmica de ontem e Linn da Quebrada concordar que o movimento de Jade foi "arriscado".

"É o que estou fazendo jogo inteiro. E eu não quero desapontar ninguém que está lá fora me assistindo. Quão 'brochante' ia ser as pessoas assistindo, me vendo acordando do nada, sentando numa cadeira, sabendo que iria tocar o Big Fone e na hora que eu atendesse, eu puxasse outra pessoa?", argumentou Jade.

"Para as pessoas, para o jogo, para vocês mesmo. Qual seria a cara de vocês se eu atendesse o Big Fone e puxasse outra pessoa sem ser o Arthur?", continuou. "Aqui tem que falar e fazer. Porque se ficar só falando, não adianta".

Após a dinâmica de ontem, Laís e Arthur Aguiar conversaram sobre suas posições no jogo. No papo, o brother voltou a falar sobre não agir na emoção e manter sua estratégia.

"Você quer chegar o mais longe possível no jogo. Dentro desse jogo, você enxerga que tem pessoas que você acredita que sejam mais fortes do que as outras. É um 'achismo', a gente só sabe quando vai para o Paredão. Dentro desse nosso 'achismo', a gente pensa: 'Bom, para que eu vou cruzar com essa pessoa agora se eu posso deixar para cruzar depois? Se dentro do jogo eu tinha antes quatro pessoas que poderiam votar em mim, que eram Jade, Larissa, você e a Bárbara, e eu puxei duas e o público tirou essas duas, e eu penso, dentro do meu achismo, que se a Jade é mais forte do que Laís, eu vou preferir puxar a Laís. Porque eu quero ficar", explicou ele.

Vagalume

Vagalume

Vagalume


"Porque eu não tenho essa emoção de falar assim: 'Não, vou com ela e vamos ver', igual ela fez. Porque ela pode se f*** nessa. Ela poderia ter puxado outras pessoas. Ela está super confiante, mas pode chegar amanhã e o Tadeu falar: 'vem para cá' e ela sair. Eu acho que ela agiu na emoção, ela não foi estrategista. Eu, no lugar dela, jamais puxaria uma pessoa que voltou [do Paredão] várias vezes. Mas é o jogo dela. Pode ser que ela acerte, e amanhã eu saia e ela continue no jogo. Mas é um movimento arriscado que não estava disposto a fazer porque quero ficar o máximo de tempo na casa. Não é que eu tenho medo dela. É que sou estrategista", concluiu o cantor.

Fonte: Vagalume

Últimas