Kanye West desiste de concorrer à presidência dos EUA, diz site

Informação foi publicada pelo The Intelligencer, por meio de um dos membros da campanha do rapper

Vagalume

Vagalume

Vagalume

Ao que tudo indica, Kanye West desistiu oficialmente de concorrer à presidência dos EUA nesta próxima eleição. A informação foi publicada pelo site The Intelligencer, por meio de um dos membros da campanha do rapper, Steve Kramer, duas semanas após o músico anunciar que seria candidato.

"Ele está fora", afirmou Kramer, que foi contratado para ajudar o cantor nas campanhas da Flórida e da Carolina do Sul. "Não tenho nada bom ou ruim a dizer sobre o Kanye. Todo mundo tem sua decisão pessoal sobre o porquê de tomar decisões. Concorrer à presidência tem que ser uma das coisas mais difíceis para alguém realmente considerar nesse nível ... qualquer candidato à presidência pela primeira vez passa por esses tropeços".

Ainda segundo informações da imprensa internacional, o rapper não havia conseguido as 132.781 assinaturas no estado da Flórida para concorrer como candidato independente.

Kanye West anunciou que estaria na disputa à presidência em 4 de julho, dia em que os EUA comemoram a independência do país. "Agora devemos cumprir a promessa da América confiando em Deus, unificando nossa visão e construindo nosso futuro. Estou concorrendo à presidência dos Estados Unidos", escreveu ele, acrescentando a hashtag "2020 Vision".

Clique para ver no Vagalume

Em uma recente entrevista à Forbes, o músico chegou a dizer que concorreria como candidato independente já que Trump já estava na disputa pelo Partido Republicano, e que a Casa Branca seria governada em uma espécie de modelo semelhante ao de Wakanda, o país africano fictício do filme "Pantera Negra".

Fonte: Vagalume