Vagalume NME anuncia que voltará a ser publicado "no papel"

NME anuncia que voltará a ser publicado "no papel"

Jornal foi lançado na Inglaterra em 1952 e, desde 2018, existe exclusivamente online

Vagalume
Vagalume

Vagalume

Vagalume

Cinco anos depois de ter se tornado uma publicação exclusivamente online, o NME voltará a ser publicado "no papel". A diferença está no formato e na periodicidade: ao invés de um jornal tabloide semanal, como foi entre 1952 e 2018, ele agora será uma revista que chegará nos pontos de venda bimestralmente.

O que não muda é o foco. O "New Musical Express", seguirá privilegiando novas tendências e artistas. Ou seja, buscando apontar para onde a música está indo (ou deveria ir). A aposta certamente é um tanto arriscada - as publicações de música que sobrevivem no Reino Unido são justamente as que lidam muito mais com o passado do que o futuro.

Vagalume

Vagalume

Vagalume

Exemplos? A Mojo deste mês tem Siouxsie na capa e a Uncut Kate Bush, duas artistas que lançaram seus primeiros discos em 1978.

O retorno ao "mundo físico" chega com metas bem ambiciosas. O chefe da operação, Holly Bishop, disse que a missão é a de que o NME sirva como a voz definitiva quando o assunto é cultura pop.
Vagalume

Vagalume

Vagalume

Pode parecer exagerado, mas nem tanto. Em sua época áurea, o NME foi fundamental na popularização de gêneros como o punk, o indie e mesmo a música eletrônica. Bandas como The Smiths, Oasis, The Strokes, White Stripes e Arctic Monkeys também se beneficiaram por terem sido "apadrinhados" pelo semanário.
Vagalume

Vagalume

Vagalume

Se na segunda década do século 21, com a música, e o mundo em si, bem diferentes daquele de algumas décadas atrás, a agora revista, conseguirá ter a mesma força é algo a ser visto.

A primeira edição do "novo NME", chegará na primeira quinzena de agosto. A capa exibida no site traz o cantor D4vid, mas não foi dito se ela é apenas um "número zero" ou de fato a revista que será vendida ao público.

Fonte: Vagalume

Últimas