Shakira é investigada por sonegar mais de R$ 90 milhões em impostos na Espanha

O jornal "El País" publicou dossiê que aponta até empresas fantasmas, no nome da cantora, em paraísos fiscais

Vagalume

Vagalume

Vagalume

Shakira é alvo de uma investigação por supostamente ter sonegado mais de R$ 90 milhões em impostos, na Espanha. O jornal "El País", um dos mais importantes da nação europeia, publicou um dossiê com informações sobre o caso.

De acordo com a matéria, Shakira seria dona de 14 empresas fantasmas em paraísos fiscais. Como não possuem funcionários ou materiais, essas companhias, localizadas nas Ilhas Virgens e Ilhas Caymã, serviriam de fachada para a cantora esconder a sua fortuna.

A estrela colombiana já havia enfrentado um problema com o fisco espanhol em 2011, quando pagou 24 milhões de euros às autoridades locais. A atual investigação é focada entre 2012 e 2014 com um valor total de 14,5 milhões de euros.

No ano passado, Shakira testemunhou alegando que não morava na Espanha, se rotulando uma "nômade sem raízes". A cantora disse que não vivia em nenhum lugar específico, apesar de ter residência em Barcelona com o seu marido, o jogador de futebol do clube catalão Piqué, desde 2011.

A cantora só se tornou uma residente espanhola em 2014, quando já era mãe de Milan e estava grávida do segundo filho, Sasha. Porém, ela tinha como prova de residência a cidade de Nassau, capital das Bahamas, onde tem uma casa desde 2007.

Segundo o "El País", as autoridades da cidade caribenha não cooperaram com as investigações. Apesar de Shakira entregar contas de luz e água como prova de sua residência em Nassau, o seu ex-empresário, Antonio de La Rua, afirmou que ela não visitava o país entre 2011 e 2014, e que seus familiares colombianos viajavam constantemente para Barcelona.

Fonte: Vagalume