"Trem-Bala", de Ana Vilela, ganha destaque no Twitter após vídeo promovido por Angélica

Com a música, apresentadora reuniu várias celebridades, como Anitta e Ludmilla, em prol da luta contra o covid-19

Vagalume

Vagalume

Vagalume

Angélica é mais uma celebridade que decidiu apoiar uma campanha para arrecadação de fundos ao combate do coronavírus no Brasil. A apresentadora organizou um vídeo com várias artistas conhecidas, como Anitta, Preta Gil, Fernanda Souza, Bruna Marquezine, Ludmilla, Grazi Massafera, Luana Piovani entre outras, cantando a música "Trem-Bala", de Ana Vilela, cantora que também marca presença na gravação.

A publicação com o vídeo, que foi divulgada ontem (23) nas redes sociais e traz um link para doações, viralizou na internet e fez com que a música de Ana Vilela - que fala justamente sobre solidariedade e dar valor a cada momento da vida - fosse um do assuntos mais comentados no Twitter nesta terça-feira (24).

Veja o vídeo e confira a letra da canção abaixo:

Clique para ver no Vagalume

Trem-Bala:
Não é sobre ter
Todas as pessoas do mundo pra si
É sobre saber que em algum lugar
Alguém zela por ti
É sobre cantar e poder escutar
Mais do que a própria voz
É sobre dançar na chuva de vida
Que cai sobre nós

É saber se sentir infinito
Num universo tão vasto e bonito
É saber sonhar
E, então, fazer valer a pena cada verso
Daquele poema sobre acreditar

Não é sobre chegar no topo do mundo
E saber que venceu
É sobre escalar e sentir
Que o caminho te fortaleceu
É sobre ser abrigo
E também ter morada em outros corações
E assim ter amigos contigo
Em todas as situações

A gente não pode ter tudo
Qual seria a graça do mundo se fosse assim?
Por isso, eu prefiro sorrisos
E os presentes que a vida trouxe
Pra perto de mim

Não é sobre tudo que o seu dinheiro
É capaz de comprar
E sim sobre cada momento
Sorriso a se compartilhar
Também não é sobre correr
Contra o tempo pra ter sempre mais
Porque quando menos se espera
A vida já ficou pra trás

Segura teu filho no colo
Sorria e abrace teus pais
Enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir

Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá
Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá

Segura teu filho no colo
Sorria e abrace teus pais
Enquanto estão aqui
Que a vida é trem-bala, parceiro
E a gente é só passageiro prestes a partir

Fonte: Vagalume