Vítima de covid-19, rapper britânico Ty morre aos 47 anos 

O músico foi internado com complicações da doença, chegou a apresentar melhora, porém, não resistiu; informação foi confirmada nesta quinta (7)

Amigos de Ty prestaram homenagens nas redes sociais

Amigos de Ty prestaram homenagens nas redes sociais

Reprodução/Instagram

O rapper britânico Ty morreu aos 47 anos, nesta quinta-feira (7), vítima de covid-19. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa dele ao jornal The Guardian.

Ty foi internado com complicações da doença e chegou a ficar em coma induzido. No fim de abril, o rapper apresentou melhora no estado de saúde, chegou a sair a UTI, porém, não resistiu.

Ty era uma referência do rap britânico. Ele lançou o primeiro álbum, Awkward, em 2001, e mostrou que tinha talento para contar histórias. Dois anos depois, ele foi indicado ao prêmio Mercury pelo álbum Upwards.

Nas redes sociais, artistas, músicos e amigos do rapper lamentaram a morte dele e prestaram as últimas homenagens. O produtor musical Hudson Mohawke foi um deles e disse que a música de Ty "teve um impacto tão grande que ainda soa fresco hoje". O escrito Nikesh Shukla escreveu: "Descanse em paz, Ty. Você foi uma das pessoas mais legais que já conheci".