Pop Celebridades exortam britânicos negros a receberem vacina contra Covid-19

Celebridades exortam britânicos negros a receberem vacina contra Covid-19

SAUDE-COVID-BRITANICOS:Celebridades exortam britânicos negros a receberem vacina contra Covid-19

Reuters - Entretenimento

LONDRES (Reuters) - Algumas das celebridades britânicas negras mais conhecidas se uniram nesta terça-feira para exortar as comunidades negras do país a receberem a vacina contra Covid-19 depois que cifras mostraram que muitas menos destas estão se inoculando na comparação com o restante da população.

Na segunda-feira, o Escritório de Estatísticas Nacional (ONS) disse que, embora no geral mais de 90% das pessoas de mais de 70 anos tenha recebido sua primeira dose da vacina, as taxas de inoculação entre pessoas que se identificam como negras africanas e negras caribenhas é de somente 58,8% e 68,7% respectivamente.

Astros de Hollywood, Chiwetel Ejiofor e Thandie Newton se juntaram ao ator e comediante Lenny Henry, um nome consagrado no Reino Unido, ao assinarem uma carta aberta incentivando a comunidade negra a se vacinar.

David Harewood, que participou da bem-sucedida série "Homeland", Adjoa Andoh, um dos astros de "Bridgerton", série da Netlix, e Naomie Ackie, atriz de "Star Wars", também se uniram a Henry para fazer um curta-metragem a ser exibido na televisão.

"Ouço e entendo as preocupações que pessoas de todos os meios estão confrontando, mas que são particularmente preocupantes em comunidades negras", disse Henry.

Cifras do ONS mostraram que 85% dos brancos britânicos disseram que é provável que recebam a vacina, comparados com 49% de negros ou adultos negros britânicos que falaram o mesmo, embora as taxas de mortalidade sejam consideravelmente mais altas em comunidades negras.

(Por Michael Holden e Guy Faulconbridge)

Últimas