Pop Compositor da trilha de "Zorba o Grego", Theodorakis morre aos 96 anos

Compositor da trilha de "Zorba o Grego", Theodorakis morre aos 96 anos

MUSICA-COMPOSITOR-ZORBA-MORRE:Compositor da trilha de "Zorba o Grego", Theodorakis morre aos 96 anos

Reuters - Entretenimento

Por Michele Kambas e George Georgiopoulos

ATENAS (Reuters) - O compositor Mikis Theodorakis, cuja música cruzou fronteiras internacionais graças à trilha sonora cativante do filme "Zorba o Grego", morreu nesta quinta-feira, levando a Grécia a decretar três dias de luto.

Homem imponente, de presença taciturna e cabelos ondulados, Theodorakis deixa um trabalho que evoca uma visão progressista e democrática do mundo, embora suas batalhas políticas tenha refletido um lado mais sombrio da Grécia que é pouco visto pelos visitantes.

As autoridades declararam três dias de luto quando a notícia de sua morte em Atenas aos 96 anos percorreu o país de 11 milhões de habitantes, e surgiram homenagens de todo o espectro político.

"Hoje, perdemos uma parte da alma da Grécia. Mikis Theodorakis, Mikis o professor, o intelectual, o radical, nosso Mikis se foi", disse a ministra da Cultura, Lina Mendoni.

Theodorakis apresentou uma imagem descontraída da Grécia ao mundo nos anos 1960 com "Zorba", a trilha sonora vigorosa de um filme que mostra Anthony Quinn no papel do rebelde homônimo, que dança descalço em uma praia cretense.

Mas no que foi uma época tumultuada da história grega, ele também personificou as lutas amargas da resistência de classe com a intensidade retumbante e arrebatada de seu ciclo de canções "Romiosini", que se tornaram hinos da esquerda política.

"Não sou um comunista, um social democrata, nem outra coisa. Sou um homem livre", disse ele à Reuters em uma entrevista nos anos 1990.

Últimas