Pop Ingleses vibram como em 2019 em festival piloto pós-Covid

Ingleses vibram como em 2019 em festival piloto pós-Covid

SAUDE-COVID-FESTIVAL:Ingleses vibram como em 2019 em festival piloto pós-Covid

Reuters - Entretenimento

Por Hanna Rantala

LONDRES (Reuters) - A música ao vivo voltou ao berço dos Beatles, após um longo silêncio imposto pelo coronavírus, no domingo, quando a cidade inglesa de Liverpool sediou um festival para testar se tais eventos disseminam o vírus.

Cerca de cinco mil pessoas dispensaram máscaras e regras de distanciamento social em nome da ciência e da música. Compareceram ao evento ao ar livre depois de ter exames negativos de Covid-19 e prometeram se submeter a novos exames cinco dias após o festival.

Seus dados serão usados pelo Programa de Pesquisa de Eventos do governo para ajudar a entender o efeito das multidões na disseminação do vírus.

Mas o lado científico do evento estava longe da mente dos festeiros dançando pelos portões de Sefton Park.

"É uma sensação tão boa, tão maravilhosa – demorou demais", disse Meghan Butler, estudante de 19 anos.

Melvin Benn, diretor-gerente do Festival Republic, disse torcer para que seu projeto-piloto desempenhe um papel essencial para a volta dos eventos ao ar livre ao calendário neste ano.

"Assim que chegam ao show, podem festejar como se fosse 2019", disse. "Dá para sentir que o fardo dos últimos 12 meses, dos últimos 15 meses, foi deixado de lado um pouco."

As atrações de domingo na tenda especial consistiam no cantor e compositor local Zuzu, no grupo indie em ascensão The Lathums e da atração principal, a banda Blossoms.

(Por Hanna Rantala e Paul Hardy)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447505)) REUTERS MPP

Últimas