Terror em Las Vegas

Pop Jason Aldean lamenta ataque em Las Vegas: "Essa noite foi terrível"

Jason Aldean lamenta ataque em Las Vegas: "Essa noite foi terrível"

Cantor estava no palco quando multidão ouviu disparos

  • Pop | Do R7

Tiroteio deixou dezenas de mortos durante festival

Tiroteio deixou dezenas de mortos durante festival

Reprodução/Instagram

Jason Aldean usou sua página no Instagram para falar sobre o tiroteio que matou 50 pessoas e feriu outras 200 na madrugada de segunda (2), no Mandalay Bay, em Las Vegas, um hotel, cassino e resort conhecido pelo luxo e por sediar grandes shows e festivais. As autoridades já consideram o maior tiroteio em massa na história dos EUA.

O cantor se apresentava no palco quando começaram os tiros. Na mensagem postada, o artista lamentou o ocorrido.

— Essa noite foi além do terrível. Eu continuo sem saber o que dizer, mas queremos que saibam que eu e minha equipe estamos a salvo. Meus pensamentos e orações vão para todos os envolvidos. Parte meu coração que isso tenha acontecido com alguém que estava ali para aproveitar o que deveria ser uma noite divertida.

O caso

O tiroteio foi registrado na madrugada desta segunda-feira (2) em Las Vegas, no estado de Nevada, nos Estados Unidos. Os tiros foram disparados durante o Route 91 Harvest Festival, um evento de música country, próximo ao hotel e cassino Mandalay Bay, por volta das 2h30, horário de Brasília (22h30 de domingo (1º), hora local). Pelo menos 50 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridos, antes do suspeito de ser morto pela polícia.

O atirador estava no 32º andar do cassino quando começou a disparar. O concerto musical ocorria do lado de fora do hotel e era assistido por cerca de 22 mil pessoas. No momento do ataque, Jason Aldean se apresentava no palco.

A polícia descreveu o homem como sendo Stephen Paddock, de 64 anos. Ele era morador de Las Vegas e parece estar conectado a nenhum grupo militante, disse a autoridade de polícia da região Clark, Joseph Lombardo, a repórteres.

Últimas