Fãs brasileiros de BTS lançam projeto acadêmico focado no grupo

Universitários de diversas áreas podem colaborar com pesquisas, análises e trabalhos relacionados a cultura, música e tradições sul-coreanas 

Fãs brasileiros de BTS criam projeto acadêmico

Fãs brasileiros de BTS criam projeto acadêmico

Reprodução/Twitter

Um grupo de fãs brasileiros do BTS, chamados ARMY, lançaram na sexta-feira (12) o projeto BAA, ou B-Army Acadêmicos, que reúne universitários de todo o país interessados em pesquisar e produzir conteúdos aprofundados sobre k-pop e cultura coreana, com foco no septeto.

Até o momento, o projeto conta com 18 colaboradores de diversas áreas acadêmicas.

Apesar do k-pop já ter se tornado objeto de estudo, o grupo estuda também as referências, autores e objetos culturais mencionados pelo BTS na criação de músicas, conceitos e álbuns. A última duologia do grupo, Map of the Soul, usa os trabalho do psiquiatra Carl Gustav Jung como referência.

O grupo destaca que espera que o k-pop e estudos sobre cultura e tradições da Coreia do Sul sejam valorizadas dentro do meio acadêmico. Todo o conteúdo será lançado no site do projeto e divulgado pelo Twitter.

Com oito painéis, o BAA apresenta trabalhos acadêmicos, coberturas de eventos sobe cultura sul-coreana e asiática, instruções e orientações para novos pesquisadores da área, análises sobre o universo do grupo, visuais do clipe e até incentivar e estimular a criatividade de fãs com imagens, fanarts (artes criadas por fãs) e colaborações com artistas.