Flavio Ricco Band confirma aquisição dos direitos da Fórmula 1 até 2022

Band confirma aquisição dos direitos da Fórmula 1 até 2022

  • Flavio Ricco | Do R7

Band fecha acordo para transmissão da F1 até 2022

Band fecha acordo para transmissão da F1 até 2022

reprodução

A Bandeirantes confirmou na tarde desta terça-feira a aquisição dos direitos para transmissão da Fórmula 1 – temporadas 2021 e 2022.

Conforme antecipado neste espaço, o acordo foi fechado há poucos dias e faltava apenas anunciar oficialmente.

Depois de 41 anos consecutivos na TV Globo, a Fórmula 1 agora é da Band, em formato multiplataforma.

No ano passado, em função de  divergências entre os valores cobrados pela Liberty Media e a quantia que se dispunha a pagar, a rede dos Marinho optou por não renovar a parceria para os próximos anos.

Até houve uma tentativa recente da Globo para tentar reverter o quadro, mas a Liberty rechaçou a proposta, e os entendimentos com a Band avançaram.  

A seguir, o comunicado da Band sobre a compra da F1:

"Grupo Bandeirantes anuncia acordo exclusivo com Fórmula 1 até 2022.

O Grupo Bandeirantes anuncia nesta terça-feira (9) um novo acordo para a transmissão exclusiva do Campeonato Mundial de Fórmula 1 até o final de 2022.
O contrato prevê a exclusividade para a exibição das 23 provas do calendário do circuito. As provas serão exibidas na Rede Bandeirantes e os treinos classificatórios da Fórmula 1 no canal pago BandSports, que também transmitirá as Fórmula 3 e Fórmula 2. Com mais essa aquisição, a emissora se consolida como o “Canal dos Esportes”, ratificando seu DNA.

“O Brasil representa um dos cinco maiores mercados do mundo em audiência e faturamento da Fórmula 1. Voltar a ser a casa da categoria depois de 41 anos é motivo de muito orgulho para nós”, diz João Carlos Saad(Johnny), presidente da Rede Bandeirantes de Rádio e Televisão.

Johnny Saad - presidente do Grupo Bandeirantes - comemora a volta da F1 à sua emissora

Johnny Saad - presidente do Grupo Bandeirantes - comemora a volta da F1 à sua emissora

Divulgação

As transmissões acontecem já a partir da primeira corrida em março. Além de toda a temporada de 2021, o acordo prevê também as provas de 2022. Um dos pilares deste acordo será a cobertura extensa de toda a temporada com conteúdo jornalístico em todas as plataformas de comunicação do Grupo Bandeirantes.

A Band terá uma equipe de especialistas comandando as transmissões como, por exemplo, o comentarista Reginaldo Leme – há mais de 40 anos acompanhando a categoria. Além disso, uma equipe estará em todos os circuitos ao vivo para trazer informações em toda a programação.

A Band transmitiu a Fórmula 1 pela última vez em 1980. Durante os últimos 41 anos, os direitos foram da Rede Globo. O Grupo Bandeirantes parabeniza o Grupo Globo pela grande qualidade técnica e jornalística, que valorizou e elevou a importância da modalidade.

“A Band, junto com todo o time da F1, vai trabalhar muito e com toda a motivação para que o amante do automobilismo vibre com o jeito Band de fazer esporte. Será uma jornada espetacular e não vemos a hora de ser dada a largada”, comemora Denis Gavazzi, diretor de esportes.

Datena anuncia transmissão da F1 na Band

Datena anuncia transmissão da F1 na Band

reprodução

Durante participação no “Brasil Urgente”, agora há pouco, Datena anunciou que Glenda Kozlowski fará parte da equipe de reportagem.

E por meio de telão, Reginaldo Leme, também no programa de Datena, comunicou a contratação da repórter Mariana Becker, que foi dispensada pela Globo.

“Tá contratada”, garantiu Leme, que avisou, ainda, que a emissora procura um narrador para a Fórmula 1.

Últimas