Flavio Ricco Orlando Durte, comentarista esportivo, morre vítima de covid-19

Orlando Durte, comentarista esportivo, morre vítima de covid-19

  • Flavio Ricco | Do R7

Orlando Duarte foi um dos ícones do jornalismo esportivo nacional

Orlando Duarte foi um dos ícones do jornalismo esportivo nacional

Reprodução/Facebook/Orlando Duarte

Após contrair Covid e quase três semanas hospitalizado, o comentarista esportivo Orlando Duarte faleceu na manhã desta terça-feira em São Paulo.

Natural de Rancharia, Orlando tinha 88 anos. Começou sua carreira no jornal O Tempo, depois A Gazeta Esportiva e trabalhou nas rádios Bandeirantes, em duas oportunidades, Jovem Pan e Trianon.

Foi também diretor de esportes da TV Cultura, a partir da sua inauguração em setembro de 1969. Na televisão, passou ainda por SBT, Record, Globo e Band.

Trabalhou na cobertura de 14 copas do mundo de futebol e 10 jogos olímpicos. E foi o jornalista que mais acompanhou o Santos, na época de Pelé, em suas excursões pelo mundo. Tem publicados, também,  alguns trabalhos sobre ele. Era conhecido como "O Eclético", por comentar diversas modalidades esportivas.

Autor de vários livros sobre mundiais de futebol e olimpíadas, escreveu também romances como “O Homem que Volta” e “Os Desesperados”. Foram 34 no total.

Orlando se afastou do jornalismo esportivo em 2012. Foi um apaixonado torcedor da Portuguesa de Desportos e do Vasco das Gama.

Últimas