Flavio Ricco Sonia Abrão relembra morte de Chorão e diz: 'Não cicatrizou'

Sonia Abrão relembra morte de Chorão e diz: 'Não cicatrizou'

Jornalista e apresentadora falou que tem vontade de escrever um livro sobre o cantor e primo, porém, ainda não se sente preparada

  • Flavio Ricco | Do R7

Sonia Abrão conversou com Dani Bavoso e Flavio Ricco

Sonia Abrão conversou com Dani Bavoso e Flavio Ricco

Reprodução/YouTube

Sonia Abrão foi a convidada de O Programa de Todos os Programas, apresentado por Dani Bavoso e Flavio Ricco, desta quarta-feira (1º). No bate-papo, a jornalista e apresentadora falou sobre a carreira na televisão e também comentou sobre a estreia de Adriane Galisteu no comando de A Fazenda 13.

"Acho que ela vai se dar bem, o Power Couple foi um esquenta, na verdade, ela já se saiu bem [...] Ela já vem no ritmo, vem sabendo o que é reality show na veia. Então, boto fé. Faltava uma mulher nesta área, vai atrair muito as atenções, é uma força feminina no ar", opinou Sonia.

Em outro momento da conversa, a jornalista relembrou da morte de Chorão, vocalista do grupo Charlie Brown Jr., em 2009. Sonia disse que ainda lida com o luto da partida do cantor, que era primo dela.

"Até hoje eu não consegui ver o documentário, se eu estou dirigindo, ouvindo o rádio e começa a tocar a música [dele], eu mudo. Senão, a gente começa a chorar. É uma coisa que não cicatrizou, porque foi tão brutal, tão repentina, tão forte... Arrancou ele da gente de maneira brusca mesmo...", declarou ela, ao responder se tem vontade de escrever um livro sobre a história de Chorão.

"A gente pensa em um documentário ou um livro, mas a gente ainda não está preparado. Eu não consigo, nem eu, nem meus irmãos. E a gente teve que cortar na própria carne, porque nós tivemos que fazer a cobertura de tudo aquilo... Foi muito difícil, é difícil até hoje. Eu gostaria muito de fazer [livro], mas se eu for cutucar isso agora, não vai dar, de verdade... Não me sinto preparada", completou dizendo que o primo merece a homenagem, pois era "um tremendo cara".

Assista à entrevista na íntegra

Últimas