Keila Jimenez Lenda do rock, Bob Dylan é acusado de abusar de menina de 12 anos

Lenda do rock, Bob Dylan é acusado de abusar de menina de 12 anos

Músico está envolvido em processo que o acusa de ter drogado e abusado de menor há 60 anos 

Bob Dylan tem hoje 80 anos

Bob Dylan tem hoje 80 anos

Reprodução

A lenda do rock Bob Dylan está sendo acusado de drogar e abusar sexualmente de uma garota de 12 anos em 1965, quando ele tinha cerca de 20 anos. Dylan foi envolvido nesse processo aberto na semana passada, em Nova York, 60 anos após o 'ocorrido'. d

De acordo com a ação, que foi movida na Suprema Corte de Nova York, Bob Dylan fez amizade com a garota, identificada apenas como J.C., em maio de 1965. Segundo o processo, o roqueiro teria estabelecido uma conexão emocional com a jovem com o objetivo de abusar sexualmente dela.

O processo alega que Dylan usou drogas, álcool e ameaças de violência física, "deixando-a com cicatrizes emocionais e danos psicológicos até hoje".

Em uma declaração à NBC News, um porta-voz de Bob Dylan disse que o cantor nega tudo.  

O processo diz que jovem tinha acabado de fazer 12 anos quando se envolveu com o músico. A vítima alega que foi alvo de vários episódios de abuso que ocorreram no apartamento de Dylan, no famoso ponto turístico de Manhattan, Hotel Chelsea, em abril e maio de 1965.

J.C. sofreu depressão, ansiedade, dissociação e outros efeitos duradouros do abuso, diz o processo.

A ação não especifica o valor pedido de indenização, mas afirma que o montante pleiteado ultrapassa os limites dos tribunais de primeira instância.

Últimas