Keila Jimenez Letícia Spiller se arrepende de defender Marcius Melhem

Letícia Spiller se arrepende de defender Marcius Melhem

Letícia Spiller pede desculpas após dizer em entrevista que o ex-diretor de humor da Globo, acusado de assédio, tem 'bom coração' 

  • Keila Jimenez | Do R7

Letícia Spiller falou bem de Marcius Melhem e voltou atrás

Letícia Spiller falou bem de Marcius Melhem e voltou atrás

Montagem - Divulgação

Nada como um 'cancelamento' para fazer uma celebridade voltar atrás, não é mesmo? Que o diga Letícia Spiller.

Letícia Spiller usou suas redes sociais para esclarecer uma entrevista em que diz que Marcius Melhem, acusado de assédio sexual, era uma 'boa pessoa'. No bate-papo, Letícia falou que Marcius Melhem virou “mártir da situação” e que o conhecia como uma pessoa “querida e de bom coração”.

Letícia Spiller elogia Marcius Melhem e é detonada na web

Após a entrevista, Spiller passou a ser duramente criticada e 'cancelada' nas redes sociais. Foi aí que ela resolveu se explicar. A atriz pediu desculpas publicamente e disse que em momento algum apoia alguém que comete abusos. “Jamais atacaria Dani Calabresa. Jamais colocaria em dúvida os seus relatos, o que ela passou. Se, por algum momento deixei essa impressão, preciso me desculpar! E estou aqui pedindo desculpas”, começou.

Calabresa desabafa e Globo teme onda de denúncias contra Melhem

“Desculpas ao público que me acompanha, aos meus colegas de trabalhos, às mulheres, às pessoas que passaram por casos de abuso ou assédio. Desculpas à Dani e a todos os envolvidos neste caso, em especial. Eu preciso me expressar aqui de uma maneira que deixe claro o meu posicionamento em relação a esse assunto. E é isso que estou fazendo neste momento”, esclareceu.

Na entrevista, Leticia também criticou a “demora” para as vítimas falarem sobre o assunto. No Instagram, a atriz justificou que “disse como achava que ia se comportar”. “Mas cada um tem seus motivos e seu tempo para se manter calado ou denunciar. E isso não tira – ou não deve tirar – a culpa de seu agressor”, escreveu.

Assédio: A Globo foi mais dura com Mayer do que com Melhem?

“Sobre o meu comentário em relação a Marcius Melhem, eu o conheci na adolescência. É sobre aquele Marcius que falei. Não temos contato há anos. Assim como muitas pessoas ficaram chocadas com esses relatos, porque são de revirar o estômago, eu também fiquei. E eu espero que todos tenham ficado também, porque são situações de muito sofrimento para as vítimas. E isso tudo só reforça uma dura realidade. O que a gente mais escuta é que agressor não tem cara, não tem rótulo. Aquela pessoa que está ao seu lado, bem-humorada e educada, com sorriso largo e boa conversa, pode ser a pessoa que está fazendo da vida de alguém um inferno. Por isso também que as vítimas se sentem acuadas e com medo de fazer as denúncias. Mais do que nunca, quem está do lado de fora, precisa lutar e criar uma rede de apoio para que as vítimas se fortaleçam, se encorajem. Isso afirmo e reitero", concluiu ela.

Melhem, que é ex-diretor de humor da Globo, foi acusado por Dani Calabresa por assédio sexual e moral. Ele nega e promete processar Calabresa.

Últimas