Preso, Ronaldinho deve ir de herói a vilão em especial na Globo

Documentário em homenagem aos 40 anos do craque pode ser jogado no lixo ou ganhar capítulos nada felizes após confusão no Paraguai

Ronaldinho preso e algemado no Paraguai

Ronaldinho preso e algemado no Paraguai

Jorge Adorno/Reuters - 7.3.2020

Era uma vez um especial de mais de 50 horas de gravação sobre a vida de um craque conhecido no mundo todo.

Pois a Globo agora não sabe o que fazer com 'R40', documentário em homenagem aos 40 anos de um de seus maiores meio-atacantes no futebol,  Ronaldinho Gaúcho. 

Produzida e gravada por meses, a série que conta a história do jogador virou um problema na emissora assim que Ronaldinho deixou de ser 'estrela' do futebol para protagonizar o noticiário policial no mundo. 

Amplamente anunciado nos programas esportivos da casa, o especial sobre o ex-jogador teve sua exibição cancelada no 'Esporte Espetacular' assim que Ronaldinho Gaúcho foi preso no Paraguai, ao lado do irmão, com problemas com documentos falsos.

A ideia da série era celebrar as conquistar a carreira vitoriosa do jogador. Mostrar suas melhores jogadas, passagens por grandes times, prêmios, Copas...O material tem depoimentos emocionantes de Galvão Bueno, Tostão, e de estrelas internacionais.

Mas há agora quem defenda na Globo que a produção seja adiada e ganhe capítulo finais não tão felizes mostrando as confusões de Ronaldinho fora do campo. Seria uma guinada editorial, com o 'protagonista' indo de herói homenageado à vilão da vez.

Outros querem simplesmente que o especial seja engavetado, uma vez que não tem sentido celebrar um jogador graves problemas com Justiça internacional. Muito do material gravado teria de ser editado uma vez que entrevistados podem querer rever seus depoimentos cheios de 'confete'.

Os próximos capítulos dessa novela paraguaia envolvendo Ronaldinho estão sendo aguardados na Globo.