Keila Jimenez Thaila Ayla fala do erro ao lançar marca “Vírus” em meio a pandemia

Thaila Ayla fala do erro ao lançar marca “Vírus” em meio a pandemia

Em live nas redes sociais, atriz falou do sofrimento da cultura de cancelamento nas redes sociais após escolha de nome infeliz para linha de roupas 

  • Keila Jimenez | Do R7

Thaila Ayla é atriz e modelo

Thaila Ayla é atriz e modelo

Divulgação



Thaila Ayla nunca imaginou que o lançamento de uma marca de roupas causaria tanta dor de cabeça. O problema ? O nome da marca .

Batizada inicialmente de Virus 2020, a iniciativa logo gerou inúmeras críticas nas redes sociais justamente por conta da pandemia. Após a repercussão negativa, a atriz se desculpou e mudou a proposta. 

Em papo em live com Mônica Salgado no Instagram, Thaila conta que sofreu na pele com essa cultura do "cancelamento" nas redes sociais após  a escolha do nome "infeliz".

"Na marca que lancei [Virus2020], sofri isso na pele. Lançamos a grife com um nome infeliz, hoje vejo e fico até meio constrangida. Não foi minha intenção, mas entendi total que tinha errado. Em duas horas depois que as críticas caíram nas redes, eu e minhas duas sócias rebatizamos a marca - ficou AMAR.CA.", contou ela.

"As pessoas não imaginam, mas não temos investidor, departamento de marketing, nada. Somos nós três, as sócias. Hoje temos um pouquinho mais de estrutura, mas mínima. A gente leva no correio pra postar as peças, compramos tecido, levamos na costureira. Nossa costureira, a primeira contratada da AMAR.CA reformou a casa, fez seu quarto de costura graças a este trabalho. É um bastidor que as pessoas não veem e me enche de orgulho", revelou ela.

Últimas