Viagens Aeroportos de SP e Rio terão rampa para embarque de pessoas com deficiência

Aeroportos de SP e Rio terão rampa para embarque de pessoas com deficiência

Facilidade da GOL está disponível nos aeroportos de Santos Dumont (RJ) e Congonhas (SP)

Rampa para deficientes está disponível em SP e Rio

Rampa para deficientes está disponível em SP e Rio

Divulgação

Agora, nos aeroportos Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e Congonhas, em São Paulo, haverá uma rampa exclusiva no País para embarque e desembarque de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

O equipamento faz parte da preparação da GOL para as competições paralímpicas. Ele será utilizado nestes dois aeroportos para o acesso de passageiros com deficiência ou com mobilidade reduzida quando a aeronave não estiver posicionada na ponte de embarque, o chamado finger, como conta Randall Aguero, diretor de Operações Aeroportuárias da empresa.

As experiências mais fantásticas de viagens estão a um clique

— Com ela, esperamos oferecer ainda mais autonomia, facilidade e agilidade ao embarque e desembarque para todos os nossos clientes. Apesar de estar sendo inaugurada perto do início dos Jogos, a novidade será permanente em nossa operação em Congonhas e Santos Dumont.

O sistema da rampa é manual e funciona de forma muito semelhante às escadas utilizadas atualmente, sendo acoplada à aeronave no momento do embarque e desembarque. Ela possui ainda tecnologia para abastecimento solar capaz de tornar autossuficiente a sua iluminação.

Para os clientes com deficiência auditiva, a companhia disponibiliza, nos aeroportos do Rio e de São Pauilo, máquinas com tradução simultânea para a língua brasileira de sinais, a Libras.