Viagens Buenos Aires encanta com seu charme europeu e turismo acessível

Buenos Aires encanta com seu charme europeu e turismo acessível

Destino seguro, a capital da Argentina está em constante atividade e tem roteiros turísticos de tirar o fôlego

  • Viagens | Cleide Oliveira, do R7 Conteúdo e Marca

Buenos Aires é a capital da tradição, do luxo e da vanguarda na América do Sul

Buenos Aires é a capital da tradição, do luxo e da vanguarda na América do Sul

Pixabay

Ao se aproximar de Buenos Aires, aterrissando no famoso aeroporto internacional de Ezeiza, o visitante já percebe que a experiência será única.

Cosmopolita como os grandes centros urbanos, mas única e aconchegante em seus detalhes, arquitetura e personalidade do povo animado e acolhedor, Buenos Aires é um ícone da cultura sulamericana. Ao mesmo tempo em que é possível visitar os tradicionais pontos turísticos para as postagens nas redes sociais, o visitante se surpreende com a imersão na cultura local, a culinária e as tradições.

Até mesmo o inesperado, como um passeio a pé pelas ruas arborizadas, até chegar na Avenida Santa Fé e, entre os prédios, conhecer a El Ateneo Grand Splendid, considerada uma das livrarias mais bonitas do mundo, instalada no teatro homônimo dos anos 1919, uma verdadeira viagem no tempo da história portenha.

Soma-se à experiência, o conforto ao alcance dos visitantes, e a oportunidade de vivenciar uma cultura tão rica sem ter de percorrer longas distâncias e com preços acessíveis

A cidade abriga lugares fascinantes, experiências memoráveis, preços acessíveis e faz parte dos destinos seguros do WTTC, o World Travel & Tourism Council (Conselho Mundial de Viagem e Turismo).  Para quem está sonhando com férias e temporadas cheias de cultura e com glamour europeu, a dica é aterrissar esse sonho na surpreendente Buenos Aires. Eclética, ela encanta a todos com sua arquitetura charmosa em estilo espanhol, suas ruas largas e arborizadas, seus parques e centros de compras, sua gastronomia e entretenimento noturno, além de incontáveis pontos turísticos. Para se locomover pela cidade, os coletivos, trens e metrôs garantem acessibilidade e bom atendimento por preços justos. A passagem em um dos três meios varia entre 15 e 21 pesos argentinos, que, convertidos em reais no câmbio atual*, seria entre R$ 0,5 e R$ 0,7.

Confira a seguir algumas dicas para conhecer (e amar) Buenos Aires.

O tango é um patrimônio cultural de Buenos Aires

O tango é um patrimônio cultural de Buenos Aires

Flickr

Suas feiras de negócios ou mesmo de artesanatos, os roteiros culturais ou grandes eventos esportivos reúnem, todos os anos, uma multidão de turistas que chegam atraídos pelo dinamismo urbano. Mas também pelos encantos de seus belos parques, refúgios naturais para ler, descansar ou simplesmente apreciar a paisagem do entorno. Em Buenos Aires, um dos mais populares é o 3 de Febrero ou Bosques de Palermo, inaugurado em 1875 e sempre muito bem cuidado. Ele abriga pontos turísticos como o Rosedal e o Planetário. Logo ali, na vizinhança, o visitante encontra um recanto de paz, equilíbrio e muito charme no Jardim Japonês.

Mas há muitas outras opções, como a Plaza Francia da Recoleta e o Cemitério da Recoleta, que é também um museu a céu aberto, além de guardar uma fascinante coleção de obras de arte. A visita ao túmulo de Eva Perón é obrigatória e ali se encontram túmulos de personalidades como Domingo Faustino Sarmiento, presidente da Argentina entre 1874 e 1868; e Raul Alfonsín, presidente entre 1983 e 1989. Outro local que vale a visita é a Reserva Ecológica Costanera Sur, com rios, lagos e pradarias nas proximidades do bairro Puerto Madero.

Puente de la Mujer, obra do arquiteto espanhol Santiago Calatrava

Puente de la Mujer, obra do arquiteto espanhol Santiago Calatrava

Pixabay

Por falar em Puerto Madero, o bairro que se desenvolveu ao redor do Rio de La Plata passou por uma série de transformações ao longo dos anos, até se estabelecer como ícone da modernidade, da elegância, do luxo e da exclusividade. Com avenidas largas, parques e monumentos imponentes, restaurantes, centros culturais e um crescente desenvolvimento imobiliário, é um passeio obrigatório e inesquecível. Seu monumento-símbolo, a Puente de la Mujer ou Ponte da Mulher, é um projeto do arquiteto espanhol Santiago Calatrava. Com a bela vista, é possível desfrutar de uma gaseosa (um refrigerante) que pode ser comprada em qualquer kiosko por 80 pesos argentinos (R$ 2,50) ou um café em um bar típico de Buenos Aires por 120 pesos argentinos (R$ 2,50).

A noite em Puerto Madero é uma das atrações imperdíveis, com shows de tango que se destacam por sua performance inovadora. Em algumas casas, como a Madero Tango, as apresentações incluem um requintado jantar e uma belíssima vista para o rio e o porto. Mas recomenda-se consultar previamente sobre os dias e horários dos espetáculos, além das regras de biossegurança que impactam as reservas durante a pandemia. Se deseja um jantar clássico, opte pela Parrilla Premium, por cerca de 2.500 pesos argentinos (R$ 78) ou pela Parrilla Al Paso, por 1.200 pesos argentinos (R$ 36).

Paixão pelo futebol

La Bombonera, a casa do Boca Juniors é um dos mais famosos gramados de Buenos Aires

La Bombonera, a casa do Boca Juniors é um dos mais famosos gramados de Buenos Aires

Pixabay

Argentinos e brasileiros compartilham essa mesma paixão, que é o futebol. O esporte tem grande importância, influência e apelo turístico em Buenos Aires – tal e qual no Brasil. Na capital argentina, agendar visitas guiadas e conhecer famosos gramados, vestiários e museus dos grandes clubes regionais é um passeio repleto de entusiasmo e inesquecível! É o caso do La Bombonera, morada do tradicional time Boca Juniors, um dos melhores do mundo e que já teve entre seus jogadores o ídolo máximo Diego Maradona, uma perda recente para o futebol mundial. Com capacidade para cerca de 50 mil pessoas, o local já sediou partidas e títulos nacionais e internacionais, e recebeu esse nome devido à sua arquitetura em formato de caixa de bombons.

Outro estádio famoso é o Monumental de Nuñez, o maior da Argentina e casa do River Plate. Existem visitas guiadas para conhecer o seu gramado e seu museu interativo, reformado há poucos anos. Mesmo os turistas que não são fanáticos pelo esporte têm motivos de sobra para colocar a visita aos estádios na lista de atrações turísticas e sentir na pele a emoção de adentrar espaços, que formaram grandes atletas e provocaram fortes emoções no público em suas disputas. Para os fãs de Maradona, uma boa dica é incluir um passeio à sua casa: La Casa de D10s foi restaurada e transformada em museu com esse objetivo.

A entrada no museu do River Plate custa 700 pesos argentinos (R$ 20,50) e a visita pode ser feita em grupos de até 4 pessoas por um valor especial: 1.900 pesos argentinos (R$ 59).

Cultura e tradição

O Teatro Colón, um exemplo da belíssima arquitetura de Buenos Aires, tanto na fachada quanto na parte interna

O Teatro Colón, um exemplo da belíssima arquitetura de Buenos Aires, tanto na fachada quanto na parte interna

Pixabay

Muitos lugares para ver, desfrutar e aprender a amar. Andar por Buenos Aires é um presente para quem gosta de mergulhar na cultura local e apreciar sua arquitetura. Partindo do Obelisco para a imponente Avenida 9 de Julio, uma das mais largas do mundo, rumo à tradicional Avenida de Mayo, é impossível não parar para uma foto em frente ao Teatro Colón ou ao Congreso Nacional, com sua imponência arquitetônica e cúpula de 80 metros de altura.

Casa Rosada, sede da Presidência da República e do Museu da Casa do Governo

Casa Rosada, sede da Presidência da República e do Museu da Casa do Governo

Pixabay

Em seguida, vale seguir pela Plaza de Mayo para ver de perto a Casa Rosada, outra belíssima construção de Buenos Aires e atual Casa de Gobierno, as Embaixadas, Palermo e, finalmente, se apaixonar pelas luzes da noite portenha na Avenida Corrientes. E, ao falar sobre a noite, a tradição e o luxo, é impossível não lembrar das tanguerías e milongas. São estabelecimentos dedicados à dança, muitos deles inclusive com oferecimento de aulas de tango, que antecedem a abertura da pista para dançarinos experientes ou amadores. A grande paixão argentina é uma experiência inesquecível, que pode ser testemunhada e vivida nos bairros tradicionais como La Boca, Caminito e San Telmo, onde a estátua da personagem Mafalda, criada pelo cartunista Quino, outra grande perda em 2020, é um atrativo a mais para uma bela foto.

Caminito, aliás, conquista a todos com suas casas multicoloridas, restaurantes, lojinhas de artesanato, um passeio geralmente feito com o roteiro que leva ao estádio La Bombonera... E que oferece muito tango nas ruas aos finais de semana!

O Caminito e suas cores...

O Caminito e suas cores...

Flickr

Na Calle Florida, umas das vias mais frequentadas de Buenos Aires, o domínio é dos pedestres ao longo de suas dez quadras de comprimento. Portanto, é o ponto ideal para assistir aos casais que ali se apresentam enquanto prova uma das comidinhas típicas ou no intervalo entre uma comprinha e outra. Vale seguir o rastro de grandes personalidades, como Carlos Gardel, Homero Manzi e Astor Piazzolla.

A Florida também é uma opção para quem quer comprar presentes ou peças novas de roupas. Desde sapatos femininos, que custam em torno de 6.000 pesos argentinos (R$ 185), até trajes de banhos por 3.500 pesos argentinos (R$ 108), passando pelas famosas camisetas dos principais times de futebol, que são vendidas por até 5 mil pesos argentinos (R$ 155), esta rua é ideal para todos os estilos e gostos. É fácil encontrar o presente ideal!

Sabores portenhos

Roteiro gastronômico de Buenos Aires é um dos grandes destaques na lista dos viajantes

Roteiro gastronômico de Buenos Aires é um dos grandes destaques na lista dos viajantes

Pixabay

Entre os grandes motivos para sonhar com Buenos Aires está, sem dúvida, sua gastronomia.  Confeitarias, cafés, restaurantes especializados em carnes e suas parrillas, bifes ancho e de chorizo fazem parte do roteiro perfeito dos viajantes. A carne argentina é um grande destaque por sua maciez, seus cortes, seu sabor incomparável e o preço justo. Um tradicional bife de chorizo, por exemplo, custa em torno de 600 pesos argentinos (R$ 18). É impossível não se deixar conquistar pela culinária portenha, conhecida e celebrada por suas parrilladas, mas também é preciso mencionar suas doces delícias, como os helados, as medialunas, as empanadas, facilmente encontradas por 75 pesos argentinos (R$ 2,50) e os mundialmente famosos alfajores.

Entre um passeio e outro, sempre é tempo de parar para um cafezinho e uma empanada

Entre um passeio e outro, sempre é tempo de parar para um cafezinho e uma empanada

Google fotos

O alfajor, doce ícone argentino, é uma grande paixão local assim como o doce de leite. São especialidades que conquistam os turistas nas casas especializadas e também nas ruas da cidade. Entre um passeio e outro pelas feiras de artesanato ou mesmo pelas galerias de arte da cidade, sempre é tempo de parar para um cafezinho, uma empanada, uns churros recheados.  E por que não aproveitar a pausa para planejar o roteiro de compras?

Galerías Pacífico, na Calle Florida, com sua cúpula central pintada em 1946

Galerías Pacífico, na Calle Florida, com sua cúpula central pintada em 1946

Flickr

Com o câmbio a favor dos turistas brasileiros, a viagem a Buenos Aires não apenas se torna mais acessível, como um polo de compras muito interessante. Afinal, o charme europeu da capital da Argentina é motivo mais do que suficiente para buscar por seus objetos de decoração, suas artes, seus ponchos. A preços convidativos, a viagem fica ainda melhor. Além disso, comprar na Feira de San Telmo, a mais famosa da cidade, ou na Plaza Serrano, na apaixonante Palermo, é uma oportunidade única de reunir o melhor das experiências de compra e gastronomia.

Por fim, vale reservar um tempo para explorar a beleza das artes em suas galerias, museus e centros culturais: Museu da Ciência, Museu das Crianças, Centro Cultural Kirchner e Museu Malba. Este último, nem todos sabem, mas é o guardião da obra “Abaporu”, da brasileira Tarsila do Amaral. Atualmente, a taxa de entrada do Museu Malba é de 360 pesos argentinos (R$ 10,50).  É uma das inúmeras provas de que em Buenos Aires os turistas brasileiros têm motivos de sobra para se identificar e se deslumbrar com a viagem e com inúmeros passeios, que combinam com todos os estilos e personalidades.

Faça seu roteiro de sonho em Buenos Aires

*Os preços informados na matéria são considerados a partir do dólar blue. Os preços calculados a partir do dólar oficial podem sofrer alterações

Últimas