Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

São Clemente desvenda todas as qualidades das favelas na Sapucaí

Terceira escola a desfilar, agremiação mostrou irreverência e descontração

São Clemente|Thiago Calil, do R7


São Clemente levou a alegria das favelas do Rio para a Sapucaí
São Clemente levou a alegria das favelas do Rio para a Sapucaí

Desde quando voltou ao Grupo Especial, em 2011, a São Clemente se destaca pela irreverência. Os sambas para cima, os desfiles leves e com toques de humor foram as marcas dos carnavais da escola. Em 2014, a agremiação voltou a imprimir sua identidade na Sapucaí.

A São Clemente optou por falar apenas das coisas boas das favelas, enredo da escola. Da origem das comunidades, na Guerra de Canudos (1896/1897), ao cotidiano atual nos morros cariocas, a agremiação mostrou as belezas escondidas no alto dos morros.

Um dos destaques ficou por conta da Ala das Baianas. As fantasias traziam capim seco no barrado da saia e nos costeiros, representando a planta favela, natural da caatinga.

Algumas das comunidades cariocas mais famosas foram homenageadas durante os desfiles. Entraram na avenida Favela da Babilônia, Rocinha, Complexo do Alemão, Santa Marta, Mangueira e Salgueiro.

Publicidade

As figuras tradicionais dos morros também não ficaram de fora, como os malandros, os funkeiros e as tias quituteiras. No último setor, as favelas pelo mundo. Para finalizar, uma homenagem aos funcionários do barracão, que desfilaram no carro que encerrou o desfile.

O samba fácil e a boa interpretação de Igor Sorriso garantiram a animação da escola, que cantou de ponta a ponta.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.