Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após dois anos de morte, Marília Mendonça vence Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja

O trabalho premiado foi Decretos Reais, o primeiro álbum póstumo da artista, lançado em maio de 2023; a premiação ocorreu em Sevilha, na Espanha

Música|Do R7

Marília Mendonça ganhou prêmio no Grammy Latino
Marília Mendonça ganhou prêmio no Grammy Latino Marília Mendonça ganhou prêmio no Grammy Latino

Dois anos após a morte de Marília Mendonça, ocorrida em um acidente aéreo no interior de Minas, a cantora brasileira venceu o Grammy Latino na categoria de Melhor Álbum de Música Sertaneja. O trabalho premiado foi Decretos Reais, o primeiro álbum póstumo da artista, lançado em maio de 2023. A premiação — tida como uma das mais importantes no mundo — ocorreu nesta quinta-feira (16) em Sevilha, na Espanha.

Ela concorreu com nomes como Chitãozinho e Xororó, Jorge e Matheus, Daniel e Lauana Prado.

Nas redes sociais, o perfil oficial de Marília Mendonça comemorou o prêmio. "Isso é legado. Nossa rainha venceu o Grammy Latino de 'Melhor Álbum de Música Sertanejo' com Decretos Reais." (Assista ao vídeo com o anúncio do prêmio, abaixo)

O álbum traz quatro faixas, que servem para que os fãs possam matar a saudade da cantora. O destaque maior aqui é Hackearam-Me, que ela já havia gravado em parceria com Tierry, o autor da música, e que aqui surge apenas com a voz dela. (Para ouvir o terceiro volume de Decretos Reais, clique aqui)

Publicidade

Outra surpresa é Cumbia do Amor, hit da Banda Calypso, em um áudio retirado da live feita pela artista em maio de 2021, durante a pandemia. As outras faixas também vieram dessa fonte: O que Falta em Você Sou Eu e o medley Infiel / Amante Não Tem Lar.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Assine a newsletter R7 em Ponto

A "rainha da sofrência" morreu quando estava no auge da carreira, aos 26 anos, na queda de um avisão na serra de Caratinga (MG). Além dela, morreram o produtor musical Henrique Ribeiro, o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Medeiros e o copiloto Tarcíso Viana.

O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) divulgou em maio deste ano o resultado da investigação referente ao acidente aéreo que causou a morte da cantora e concluiu que não houve falha humana.

Família comemora

Dona Ruth e João Gustavo, mãe e irmão de Marília Mendonça, comemoraram o prêmio concedido à artista.

"Tudo graças a Deus e aos fãs que colaboraram até chegar aqui", escreveu João no Instagram. "Obrigado a todos pelas boas energias e lembrem-se: O impossível só existia antes de a 'Rainha' existir", diz um trecho da mensagem postada por dona Ruth.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.