Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Banda brasileira mostra destruição de teatro após passagem de tornado nos EUA

Crypta havia acabado de se apresentar na cidade de Belvidere quando o teto do local onde estava desabou

Música|Do R7

Apollo Theatre e motorhome da banda Crypta ficaram destruídos após passagem de tornado
Apollo Theatre e motorhome da banda Crypta ficaram destruídos após passagem de tornado Apollo Theatre e motorhome da banda Crypta ficaram destruídos após passagem de tornado

As integrantes da banda brasileira de death metal Crypta voltaram ao Apollo Theatre, na cidade de Belvidere, nos Estados Unidos, após um tornado derrubar o teto do local e provocar a morte de um espectador do show que elas fizeram na cidade.

O acidente aconteceu na noite de sexta-feira. Cerca de 40 pessoas ficaram feridas com a queda do teto, alguns minutos após as brasileiras terem saído do palco. As artistas não se machucaram, mas tiveram parte do material e o motorhome que usavam na turnê nos EUA destruídos.

"A gente está bem, está segura. Nós voltamos hoje no lugar do desastre e conseguimos pegar a maioria das nossas coisas, tanto pessoais quanto de equipamento. Na segunda-feira vamos pegar um motorhome novo. Então está tudo bem, tudo se acertando aqui", disse a vocalista Fernanda Lira nos Stories do Instagram.

Ela se emocionou ao falar sobre as vítimas do acidente. "A gente está super triste ainda porque muito fã se machucou, um fã faleceu, e a família desse fã que faleceu fez uma vaquinha para cuidar das coisas dele", disse.

Publicidade

O fã que morreu se chama Fred Livingston Jr. Os perfis da banda e de todas as integrantes da Crypta compartilharam o link para a vaquinha.

O fotógrafo Estevam Romera, que acompanha a banda na turnê nos EUA, também deu mais detalhes sobre a destruição.

Publicidade

"Conseguimos recuperar praticamente tudo de todas as bandas. No nosso caso, além dos equipamentos no palco, também tínhamos todas nossas roupas e coisas pessoais dentro do motorhome. Algumas horas escavando entre os escombros e conseguimos resgatar bastante coisa", escreveu no Instagram.

"Ver tudo durante o dia deu uma outra dimensão do que rolou. Poderia ter sido bem pior. Graças aos alertas meteorológicos (mesmo que em cima da hora) e pessoas (reais) preparadas, deu tempo de proteger bastante gente", completou.

Veja imagens das cidades destruídas por tornados e tempestades que atingiram os EUA

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.