Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Com show eletrizante, Dua Lipa põe multidão para pular e gritar e deixa gostinho de quero mais 

A cantora britânica se apresentou em São Paulo na noite de quinta-feira (8) e animou o público com hits dançantes

Música|Pedro Garcia, do R7

Dua Lipa durante o show em São Paulo
Dua Lipa durante o show em São Paulo Dua Lipa durante o show em São Paulo

Em março de 2020, em meio aos primeiros meses da pandemia de Covid-19, Dua Lipa lançou o álbum Future Nostalgia. O disco contém 11 faixas dançantes e, por mais que muitas das músicas tenham se tornado hits, elas não puderam ser aproveitadas da melhor forma na época, em uma pista de dança ou em um show lotado. Mais de dois anos depois, a cantora britânica entrega tudo o que havia prometido lá atrás e mostra que é capaz de fazer o público dançar, gritar e pular de uma forma que não foi possível nos últimos tempos – como aconteceu no show que a artista realizou na última quinta-feira (8), em São Paulo.

Entre as primeiras músicas do espetáculo, que é parte da turnê que leva o mesmo nome do álbum, Dua Lipa se emocionou, agradeceu aos fãs pela animação e contou como planejava subir aos palcos com essa apresentação havia anos, mas só conseguiu realizar isso agora. Para a alegria dos admiradores da artista, que bom que ela concretizou esse desejo.

O primeiro show dessa passagem da cantora pelo Brasil — ela ainda vai se apresentar no Rio de Janeiro — começou com Physical. Vestida com um macacão verde-bandeira, Dua Lipa empolgou o público e fez a multidão cantar a plenos pulmões uma sucessão de hits, como New Rules, Love Again, Cool e Be the One.

Ao longo do show, Dua Lipa realizou trocas de figurino durante as pausas, sempre com dançarinos no palco ou um vídeo no telão enquanto estava ausente. Na segunda parte da apresentação, a cantora apareceu sentada no chão, com um maiô cheio de pedrarias. De lá mesmo, ela começou a cantar e apresentou uma sequência de três músicas, We're Good, Good in Bed e Fever.

Publicidade

Essa segunda parte da performance foi a que mais deixou a desejar e não se igualou à animação do começo ou à do restante da set list. Mesmo assim, o público gritou nos refrões e se empolgou com as coreografias.

A terceira parte da apresentação começou com Dua Lipa usando um vestido rosa cheio de recortes. Foi nesse momento que o show voltou a ganhar o ritmo do começo, com a artista cantando One Kiss, single em parceria com Calvin Harris. A britânica ainda fez o público gritar e enlouquecer com Hallucinate e emocionou com Cold Heart, feat com Elton John.

Para a parte final do show, Dua Lipa guardou três principais hits. Com um macacão dourado, ela apresentou Future Nostalgia, Levitating, com direito a balões em forma de Lua jogados para o público, e Don't Start Now, música mais conhecida do repertório dela. Foi a sequência ideal para fechar o show com chave de ouro e chuva de confetes e deixar um gosto de quero mais na boca. Mesmo com uma hora e meia de gritos, pulos e emoções, a vontade ainda é sair para dançar mais ao som da artista britânica.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.