Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Considerada revelação do pagode, Gica fala sobre novo projeto gravado em comunidade de SP 

A cantora de 21 anos reuniu mais de 10 mil pessoas para a gravação do audiovisual na zona leste da capital paulista 

Música|Do R7

O projeto "Da Rocinha pro Mundo" foi dividido em quatro volumes
O projeto "Da Rocinha pro Mundo" foi dividido em quatro volumes O projeto "Da Rocinha pro Mundo" foi dividido em quatro volumes

Uma das grandes revelações do pagode, Gica está lançando o seu projeto audiovisual Da Rocinha pro Mundo. A cantora nasceu na favela da Rocinha, localizada na zona sul do Rio de Janeiro. Gica escolheu realizar a gravação em São Paulo, onde mora atualmente, e optou por gravar na Arena X do Morro, na zona leste da capital paulista, por se sentir representada. 

Em entrevista ao R7, a pagodeira contou como foi a escolha do local, e a ligação sentimental que tem com São Paulo: "Foi a primeira cidade que me abraçou. Eu saí da Rocinha e o primeiro show da minha vida foi em São Paulo. E logo depois começou a dar bem certo aqui, a galera já foi curtindo bastante, já foi acreditando mais no trabalho".

"A gente tem essa visão de sempre gravar o da Rocinha pro Mundo, o nosso projeto, numa favela, sabe? A gente escolheu o X do Morro por representar bem a história de onde eu vim. Enfim, deu supercerto", revelou Gica. 

A pagodeira também demonstra ter uma relação enorme com o público, com mais de 1 milhão de seguidores nas redes sociais. Gica contou que durante os shows sempre tenta passar para os fãs que quer se divertir com eles. 

Publicidade

"Eu sempre troco essa ideia com eles nos shows, durante os shows, durante a gravação, falo bastante com eles, falo que todo mundo tem que se sentir à vontade, obrigado pela oportunidade, pela honra de me permitir entrar naquele lugar, enfim, e eu sempre tenho muito disso, essa sensação de pertencimento, sabe? De estar em casa, de ser feliz onde as pessoas estiverem", disse a artista.

Gica completou 21 anos em agosto
Gica completou 21 anos em agosto Gica completou 21 anos em agosto

Beth Carvalho, Jovelina Pérola Negra, Maria Rita, Thais Macedo são mulheres que se tornaram grandes inspirações para Gica. E apesar de o samba e de o pagode serem dominados por homens, Gica vem ganhando um enorme espaço no gênero. 

Publicidade

"Sempre acreditei que a gente era capaz. Eu acredito que a mulherada só tá buscando isso mesmo, sabe? Se sentir representada e saber, mais do que a gente já sabia, quanto a gente pode, sim, representar o samba e o pagode", explicou.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Entretenimento no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Gica iniciou a carreira com vídeos em que cantava na internet. Ela teve a influência do pai, quando criança, para aprimorar o talento e se tornar um grande nome na música: "Meu pai me apresentou ao grupo de pagode, então os primeiros que ele me apresentou foram os que eu me apaixonei, que eu me tornei superfã. Então, eu sempre vi o Péricles, o Thiaguinho, o Alexandre Pires como referência para mim".

"Nunca fui muito de cantar, o canto para mim chegou por último, na verdade, eu cantava brincando, mas eu não acreditei que aquilo ali poderia se tornar uma profissão, que poderia dar certo", revelou ela. 

Além de Luísa Sonza, veja que famosos dedicaram músicas para amados e se deram mal

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.