Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Internautas acusam Anitta de plágio por semelhança com vídeo de Taylor Swift: 'Crise criativa'

'El Que Espera', parceria com Maluma, será lançada nesta quinta; brasileiros marcaram diretor do clipe da americana no anúncio

Música|Do R7

Novo clipe de Anitta é comparado a Wildest Dreams de Taylor Swift
Novo clipe de Anitta é comparado a Wildest Dreams de Taylor Swift Novo clipe de Anitta é comparado a Wildest Dreams de Taylor Swift

Em meio a divulgação do seu próximo projeto, a versão deluxe do álbum Versions Of Me, a cantora Anitta foi acusada de plágio por usuários das redes sociais. Isso porque o próximo clipe da cantora, da música El Que Espera, com Maluma, possui estética parecida com o vídeo de Wildest Dreams, de Taylor Swift.

Apenas 15 segundos de um teaser que a brasileira publicou no Twitter foram suficientes para as comparações começarem. Internautas começaram a marcar o diretor de Wildest Dreams, Joseph Kahn, nos comentários do post de Anitta.

O clipe de Taylor foi lançado em 2015 e foi um grande sucesso no mundo todo, hoje já alcança mais de 800 milhões de visualizações. O vídeo foi inteiramente gravado na África e retrata cenas de amor em meio a gravação de um filme. Na época, a cantora chegou a ser acusada de racismo por ter apenas pessoas brancas em uma história que se passa no continente africano.

Já a nova parceria de Anitta, pelos 15 segundos disponibilizados nas redes sociais, parece ter o mesmo conceito, retratando um amor nos bastidores de uma produção cinematográfica. "O conceito do clipe de Anitta igual ao clipe de Wildest Dreams de Taylor, ela tá passando por uma crise criativa?", disse um internauta.

Outro usuário lembrou da recente polêmica de Anitta com Melody, por conta de um suposto plágio na música Assalto Perigoso. "Os anitters marcaram os compositores de Positions, agora vamos marcar o Joseph Kahn", escreveu.

O diretor de Wildest Dreams reagiu com humor às várias menções por brasileiros a ele. "Posso tuitar qualquer coisa agora que brasileiros vão aparecer", disse. "Posso provar comida brasileira?", debochou em outra publicação.

Veja tuítes sobre o assunto:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.