Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

À Billboard, Anitta fala sobre apresentar a cultura brasileira ao mundo e novo álbum com funk

Cantora também foi questionada sobre a importância de ser indicada ao Grammy, como "Artista Revelação". Veja o vídeo!

Vagalume

Vagalume|Do R7

Vagalume
Vagalume Vagalume

Anitta segue marcando seu espaço na imprensa internacional e levando parte da cultura brasileira ao exterior. Em uma recente entrevista à Billboard, a cantora foi abordada sobre sua carreira fora do Brasil, os desafios de cantar em português para o público estrangeiro e revelou que, atualmente, pretende levar ainda mais a cultura do país para o mundo e que está trabalhando em um álbum repleto de funk.

O assunto teve início após Anitta ser questionada sobre a importância de ter sido indicada à maior premiação da música, o Grammy, como "Artista Revelação". "É muito especial, eu me senti incrível. Algumas pessoas no Brasil vão dizer, 'Não sei, ela não é artista revelação'. No Brasil, eu trabalho [na carreira musical] há 12 anos, mas aqui nos EUA, eu estou apenas começando", disse ela.

"É tão diferente, é tão difícil para mim chegar a esse novo nível, de entrar em outro mercado [musical] e trabalhar nele. Para mim, sou uma artista revelação, porque é uma nova carreira começando do zero", continuou.

"A última vez que um brasileiro chegou nesta posição que estou hoje, foi há 57 anos, é muito tempo. Foi Tom Jobim e João Gilberto, com 'Garota de Ipanema', e eu canto que sou a 'Girl From Rio', uma versão para esta música", acrescentou a carioca, sobre sua canção ser uma homenagem.

Publicidade

Sobre cantar em outros idiomas além do português, como o álbum "Versions Of Me", ela diz: "Não é tão fácil fazer as coisas acontecerem na minha língua, porque as pessoas não estão acostumadas com o som dela ainda".

Mas a brasileira concorda que o público internacional está começando a se adaptar ao português nas músicas. "Sim, eu sinto isso. Porque, agora, nos shows, as pessoas estão se acostumando com as minhas músicas em português e elas gostam. E eu acrescento algumas coisas em português nas canções e elas se acostumam e gostam. Para que isso aconteça, você precisa ir construindo isso".

Publicidade

"Eu sinto mais liberdade em mostrar minha verdadeira cultura, mostrar eu mesma, então agora estou trabalhando em um album todo de funk, repleto com a minha cultura, e as pessoas vão saber, 'certo, essa é ela. Eu entendo que esse momento foi a construção de uma base para que eu pudesse apresentar minha cultura, sabe?", explicou.

Clique para ver no Vagalume

Fonte: Vagalume

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.