Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

"All Too Well: The Short Film", vídeo de Taylor Swift com Sadie Sink, poderá ser indicado ao Oscar

"We Cry Together", de Kendrick Lamar, também está qualificado para buscar uma estatueta na festa máxima do cinema

Vagalume

Vagalume|Do R7

Vagalume
Vagalume Vagalume

Como produtora e diretora do clipe em formato de filme feito para a versão de dez minutos de "All Too Well", Taylor Swift poderá ganhar um Oscar no ano que vem, já que a obra preenche os critérios de qualificação para concorrer na categoria de melhor curta-metragem.

Com 15 minutos de duração, o vídeo é estrelado por Sadie Sink, a Max de "Stranger Things", e Dylan O'Brien (o Thomas da série de filmes Maze Runner). Taylor conquistou o direito de concorrer depois que exibiu o curta em uma sala de cinema de Nova York em novembro do ano passado. Swift disse que o ele não era um "vídeo musical", e que o filme foi feito com um approach totalmente distinto daquele usado nos clipes tradicionais.

Vagalume
Vagalume Vagalume

Outro trabalho semelhante que também poderá estar na festa máxima do cinema é o ainda pouco visto, "We Cry Together (feat. Taylour Paige)", de Kendrick Lamar que ainda não foi disponibilizado no YouTube. No caso do rapper, o clipe foi exibido em uma sala em Los Angeles e visto apenas por uns poucos felizardos, basicamente amigos e familiares do artista, que precisaram deixar seus celulares na entrada.

Vagalume
Vagalume Vagalume

Obviamente, estar qualificado não é garantia nenhuma de indicação, mas o primeiro passo já está dado. Agora é esperar até 24 de janeiro quando os concorrentes serão conhecidos. O Oscar de 2023 será realizado em 12 de março.

Fonte: Vagalume

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.