Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Imagine Dragons lança seu novo single e clipe, "Eyes Closed". Assista!

Banda está de volta com sua primeira música este ano

Vagalume

Vagalume|Do R7

Vagalume
Vagalume Vagalume (Vagalume)

Crédito foto: Reprodução YouTube

O Imagine Dragons está de volta com um novo single e clipe. A banda liderada por Dan Reynolds lançou a música "Eyes Closed", nesta quarta-feira (3), que também chegou acompanhada de um clipe bem produzido, dirigido por Andrew Donoho.

A faixa traz uma batida forte, misturando a pegada de rock com eletrônico e hip-hop, embalada em uma letra sobre superação e confiança.

"Depois de um tempo fora da estrada e de passar um tempo com a família e entes queridos, finalmente senti o desejo de voltar aos lugares sonoros, que originalmente me trouxeram mais alegria, mas com uma nova perspectiva e mentalidade. O mundo parece muito diferente depois de se estar em uma banda por mais de uma década. Mas algumas coisas sempre permanecerão as mesmas. É encontrar o equilíbrio certo entre nostalgia e frescor que me traz mais alegria no estúdio. Nos divertimos muito fazendo esta música e esperamos que você também goste", disse Reynolds.

Publicidade
Reprodução X/Twitter / Imagine Dragons
Reprodução X/Twitter / Imagine Dragons Reprodução X/Twitter / Imagine Dragons (Vagalume)

"Eyes Closed" é o primeiro lançamento desde a faixa "Children of the Sky (A Starfield song)", que saiu em agosto de 2023.

Veja o clipe de "Eyes Closed" com a letra e a tradução abaixo:

Publicidade

Clique para ver no Vagalume

"Eyes Closed"

Publicidade

I could do this with my eyes closed

I'm back from the dead, from the back of my head

Been gone and facin' horrors that should never been said

The wrath and the grit from the pit of despair

Been takin' every whip and word, I've never been spared

They say tomorrow's never promised, honest

They say that angels are among us

Lock me up in a maze (Oh)

Turn out, turn out the lights (Oh)

I was born, I was raised for this (Oh)

Turn out, turn out the lights (Oh, turn out the lights)

Lock me up inside a cage

Just throw away the key, don't worry 'bout me

I was drivin' in my car, throwin' up my hands

Put it in coast

I could do this with my eyes closed

Turn out, turn out the lights

I could do this with my eyes closed

Turn out, turn out the lights

I could do this with my eyes closed

Less medications, less manifestations

Mantras, meditation, throw it all away

All the places I've been, all the blood that I've bled

I've been broken down and beat up but I still get ahead

All the faceless embraces and the tasteless two faces

Killed and resurrected 'cause I'll never be dead

They say tomorrow's never promised, honest

Yeah, they say piranhas are among us

Lock me up in a maze (Oh)

Turn out, turn out the lights (Oh)

I was born, I was raised for this (Oh)

Turn out, turn out the lights (Oh, turn out the lights)

Lock me up inside a cage

Just throw away the key, don't worry 'bout me

I was drivin' in my car, throwin' up my hands

Put it in coast

I could do this with my eyes closed

Turn out, turn out the lights

I could do this with my eyes closed

Turn out, turn out the lights

I could, I could do this with my eyes—

And when the day broke, buried in violence

Somethin' made my mind up

I will spend these days as an island

Alone and far away

Lock me up in a maze (Oh, maze)

Turn out, turn out the lights (Oh, turn out the lights)

I was born, I was raised for this (Oh)

Turn out, turn out the lights (Oh, turn out the lights)

Lock me up inside a cage

Just throw away the key, don't worry 'bout me

I was drivin' in my car, throwin' up my hands

Put it in coast

I could do this with my eyes closed (Oh)

Turn out, turn out the lights (Oh)

I could do this with my eyes closed (Oh)

Turn out, turn out the lights (Oh)

I could, I could do this with my eyes closed

Turn out, turn out the lights

I could do this with my eyes closed

Turn out, turn out the lights

I could, I could do this with my eyes closed

"Olhos Fechados"

Eu posso fazer isso de olhos fechados

Estou de volta dos mortos, lá no fundo da minha mente

Parti e enfrentei horrores que nunca deveriam ter sido ditos

A ira e a coragem do poço do desespero

Tenho aguentado cada chicote e palavra, nunca fui poupado

Dizem que o amanhã nunca é garantido, verdade

Dizem que os anjos estão entre nós

Me tranque em um labirinto (Oh)

Apague, apague as luzes (Oh)

Eu nasci, fui criado para isso (Oh)

Apague, apague as luzes (Oh, apague as luzes)

Me tranque dentro de uma gaiola

Apenas jogue fora a chave, não se preocupe comigo

Eu estava dirigindo meu carro, desistindo de tudo

Coloquei em ponto morto

Eu posso fazer isso de olhos fechados

Apague, apague as luzes

Eu posso fazer isso de olhos fechados

Apague, apague as luzes

Eu posso fazer isso de olhos fechados

Menos medicamentos, menos manifestações

Mantras, meditação, joguei tudo fora

Todos os lugares onde estive, todo o sangue que sangrei

Fui despedaçado e espancado, mas ainda sigo em frente

Todos os abraços sem rosto e as duas faces sem gosto

Morto e ressuscitado porque nunca estarei morto

Dizem que o amanhã nunca é garantido, verdade

Dizem que os anjos estão entre nós

Me tranque em um labirinto (Oh)

Apague, apague as luzes (Oh)

Eu nasci, fui criado para isso (Oh)

Apague, apague as luzes (Oh, apague as luzes)

Me tranque dentro de uma gaiola

Apenas jogue fora a chave, não se preocupe comigo

Eu estava dirigindo meu carro, desistindo de tudo

Coloquei em ponto morto

Eu posso fazer isso de olhos fechados

Apague, apague as luzes

Eu posso fazer isso de olhos fechados

Apague, apague as luzes

Eu posso fazer isso de olhos—

E quando o dia amanheceu, enterrado em violência

Algo me fez decidir

Passarei esses dias como uma ilha

Sozinho e distante

Me tranque em um labirinto (Oh, labirinto)

Apague, apague as luzes (Oh, apague as luzes)

Eu nasci, fui criado para isso (Oh)

Apague, apague as luzes (Oh, apague as luzes)

Me tranque dentro de uma gaiola

Apenas jogue fora a chave, não se preocupe comigo

Eu estava dirigindo meu carro, desistindo de tudo

Coloquei em ponto morto

Eu posso fazer isso de olhos fechados (Oh)

Apague, apague as luzes (Oh)

Eu posso fazer isso de olhos fechados (Oh)

Apague, apague as luzes (Oh)

Eu posso fazer isso de olhos fechados

Apague, apague as luzes

Eu posso fazer isso de olhos fechados

Apague, apague as luzes

Eu posso fazer isso de olhos fechados

Fonte: Vagalume

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.