Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Lizzo pretende processar ex-dançarinas que a acusaram de assédio sexual e moral no trabalho

Advogado da cantora enviou um comunicado à imprensa internacional sobre as acusações

Vagalume|

Vagalume
Vagalume Vagalume

Lizzo pretende processar suas ex-dançarinas que a acusaram na justiça de assédio sexual e de criar um ambiente de trabalho hostil. De acordo com a People e o TMZ, o advogado da cantora, Marty Singer, afirmou que a voz de "About Damn Time" promete provar que as acusações das ex-funcionárias, Arianna Davis, Crystal Williams e Noelle Rodriguez, são falsas, mostrando um suposto "comportamento hipócrita" das três diante de situações citadas no processo.

Singer compartilhou algumas fotos com os sites, entre elas, uma que mostra as dançarinas supostamente se divertindo nos bastidores de um show de topless em Paris, no dia 5 de março de 2023, momento que foi citado na ação em que elas abriram contra a cantora. No texto, elas afirmaram que foram obrigadas a comparecer no local e a um outro show de topless em Amsterdã.

Clique para ver no Vagalume

“Essas imagens, que mostram as três autoras curtindo alegremente nos bastidores após o show de topless, foram tiradas após sua visita ao Bananenbar, em Amsterdã, em fevereiro de 2023, o qual elas [também] reclamam no processo”, escreveu Singer em um comunicado, referindo-se ao outro show, em que alegaram terem sido pressionadas a assistir e a tocar nos artistas nus, além de interagirem com objetos lançados pelas genitais dos artistas.

Continua após a publicidade

O advogado de Lizzo também fala sobre um vídeo enviado por Arianna Davis, gravado supostamente após os fatos relatados nas acusações, de um teste para a 2ª temporada do programa de TV da cantora, "Watch Out for the Big Grrrls", no qual a dançarina fala sobre querer "seguir os passos" da artista. Confira:

Clique para ver no Vagalume

Continua após a publicidade

"Depois que o vídeo da audição da Sra. Davis se tornou público, ela tentou explicar esses comentários elogiosos sobre Lizzo, alegando que a 'maior parte' de suas acusações se baseava em coisas que aconteceram depois disso. Essa desculpa é completamente contrariada pelos fatos, inclusive pelas imagens”, afirmou Singer, se referindo à foto apresentada acima.

“Essas fotos e vídeos irrefutáveis, juntamente com evidências adicionais substanciais, comprovam as flagrantes contradições entre o que as autoras afirmam em seu processo falso e o que é realmente comprovado pelos fatos”, acrescentou o advogado de ###artista###Lizzo. "O processo é uma farsa. Lizzo pretende processá-las por acusações maliciosas depois que ela vencer e essas alegações enganosas forem descartadas."

Continua após a publicidade

Resposta do advogado das dançarinas

Em um comunicado também enviado à People e ao TMZ, o advogado que representa as três dançarinas, Neama Rahmani, afirma que elas irão manter todas as acusações e que esperam um julgamento. “Nossas clientes não têm medo de Singer [advogado de Lizzo], de suas ameaças vazias para envergonhar suas vítimas”, escreveu Rahmani aos sites.

“Já lidei com milhares de casos, inclusive processando cartéis de drogas, então não temos intenção de recuar. Vamos ver se Singer consegue realmente um caso no tribunal ao invés da mídia", continuou ele.

“Abordamos todos esses casos em que as autoras parecem estar felizes ao lado de Lizzo durante o tempo que trabalharam com ela", acrescentou, sobre as imagens apresentadas pela defesa da cantora. "As autoras queriam apenas manter seus empregos até que finalmente não aguentaram mais. Arianna, Noelle e Crystal foram corajosas o suficiente para contar suas histórias e não planejam recuar diante dessas táticas de intimidação do advogado de Lizzo. Nossas clientes permanecem firmes e aguardam com expectativa o dia no tribunal".

Fonte: Vagalume

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.