Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Nina Fernandes mostra a letra do novo single, "Eu Posso Ser Quem Eu Quiser"

Música chegará nas plataformas de streaming, nesta sexta-feira (16)

Vagalume

Vagalume|Do R7

Vagalume
Vagalume Vagalume

A cantora e compositora Nina Fernandes mostra, com exclusividade no Vagalume, a letra do seu próximo single, "Eu Posso Ser Quem Eu Quiser". A faixa chegará para os fãs, nesta sexta-feira (16), nas principais plataformas de streaming.

Esta música completa a trilogia formada por "O Mesmo Dia" e "feitiço". Essas três canções foram lançadas nos últimos quatro meses e orbitam sobre temas que se complementam, como solidão, amor e auto conhecimento.

"Essas faixas são essencialmente sobre o momento que eu estou vivendo, de introspecção, de auto avaliação e liberdade (...) Depois do lançamento do meu disco "Amor é Fuga: Fuja" (de 2021) eu tenho muito mais segurança sobre o que eu quero com as minhas músicas. Me sinto mais livre para fazer o que eu realmente gosto e para mergulhar de cabeça nesse olhar pra dentro de mim mesma. As três músicas falam um pouco sobre a sensação de nos sentirmos presas dentro dos nossos próprios sentimentos e buscam diferentes soluções para essa mesma dor. São três canções que partem do mesmo problema e chegam a diferentes conclusões", conta Nina.

Veja a letra de "Eu Posso Ser Quem Eu Quiser" abaixo:

Publicidade

"Eu Posso Ser Quem Eu Quiser"

Alguma coisa sobre aqui

Publicidade

Me faz querer ficar pra sempre

Me faz querer olhar pra vida de um jeito mais sensível

Publicidade

Alguma coisa nessa casa

Me faz querer poder ser bem melhor

E os meus sonhos não parecem tão pequenos

quanto ontem

Talvez o cheiro da madeira

E a umidade das paredes

Eu penso alto sem ter medo de dizer uma besteira

Eu posso ser o que eu quiser quando eu chego nessa casa

E quando eu olho mais pra dentro

Eu sei que eu posso viajar

Eu não preciso ser perfeita

Nem escolher minhas palavras

Os meus defeitos não são intransponíveis

Os meus parentes não são tão insuportáveis

E de repente os meus problemas não são tão insuperáveis

E eu tento achar graça

Quando riem de mim

No mundo lá fora

Eu não vou desistir

Da menina feliz

Que eu era mais nova

Quase me esqueço de gostar de mim

Primeiro

Sei que no fundo eu só sou assim

Por medo

Mas quando eu entro nesse quarto

Eu sei que posso descansar

Eu não preciso ser perfeita

nem escolher minhas palavras

Os meus defeitos não são intransponíveis

Os meus parentes não são tão insuportáveis

De repente os meus problemas não são tão insuperáveis

Por um segundo eu acredito que consigo

Sair mais confiante desse labirinto

É uma magia que acontece só aqui

E é a coisa mais bonita que eu já vi

Eu posso ser quem eu quiser

Quando eu chego nessa casa

Fonte: Vagalume

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.