Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Ouça a versão original de "Evidências", e de outras músicas que só emplacaram depois de regravadas

Nem sempre uma canção atinge o público logo de cara

Vagalume

Vagalume|Do R7

Vagalume
Vagalume Vagalume

No mundo da música nem sempre uma canção atingiu de imediato o sucesso a que parecia destinada. Algumas precisaram de uma segunda, ou atpe terceira chance, antes de, finalmente, ganharem o grande público. Nesse especial lembramos de cinco destes casos, começando com uma faixa que foi bastante comentada nos últimos dias, depois de ser ouvida nos shows que Bruno Mars fez no país.

"Evidências"

"Evidências", música símbolo de Chitãozinho e Xororó, e o "novo Hino Nacional", foi gravada primeiramente pelo cantor Leonardo Sullivan que, em 1989, assinava simplesmente Leonardo. A composição de José Augusto e Paulo Sérgio Valle foi registrada em um LP que não teve muita repercussão. No ano seguinte, a dupla sertaneja a regravou, com arranjo não muito diferente, em seu segundo disco pela Polygram - gravadora que ajudou a levar os irmãos a um público bem mais amplo - e a música explodiu nacionalmente.

Clique para ver no Vagalume

Publicidade

Clique para ver no Vagalume

"I Love Rock 'n' Roll"

Publicidade

Outra música que é quase sinônimo de quem a canta, "I Love Rock 'n' Roll" foi gravada pelos Arrows, antes de virar um clássico do rock nas mãos de Joan Jett.

Apesar de nunca terem sido muito populares, os Arrows tiveram o seu próprio show de televisão na Inglaterra entre 1976 e 1977. "I Love..." chegou às lojas em 1975 e foi tocada em um dos episódios. Em uma daquelas jogadas do destino, Jett estava na Inglaterra em turnê com as Runaways, e gostou da música, quando a ouviu no programa.

Publicidade

Quando Joan regravou a faixa pela primeira vez, foi apenas para o lado B de um compacto feito em 1979 (e com Steve Jones e Paul Cook dos Sex Pistols na banda). A versão definitiva seria registrada em 1981, quando Jett já estava acompanhada dos Blackhearts. A canção deu nome ao segundo álbum da cantora e chegou ao topo da parada americana, .

Clique para ver no Vagalume

Clique para ver no Vagalume

"Faz Parte do Meu Show"

Antes de ficar famosa como uma música como uma música "meio bossa nova e rock and roll" na voz de Cazuza, "Faz Parte do Meu Show" foi um pop rock com a cara dos anos 80. Quem compôs a melodia da canção foi Renato Ladeira, o vocalista do Herva Doce (do hit "Amante Profissional") que a entregou para Cazuza colocar a letra.

Em 1986, a versão da banda carioca saiu em um compacto promocional de 12 polegadas que passou totalmente em branco. O single seria uma prévia de um álbum que nunca foi lançado, o Herva encerrou as suas atividades logo depois.

A versão definitiva foi gravada por Cazuza em "Ideologia", seu álbum de 1988, e se tornou um clássico da MPB.

Clique para ver no Vagalume

Clique para ver no Vagalume

"No More I Love You's"

O maior sucesso de "Medusa", o segundo álbum pós-Eurythmics de Annie Lenox, um disco de covers, foi justamente a música que era a menos conhecida entre todas as que escolheu regravar. "No More "I Love You's"" foi o maior "hits" do duo The Lover Speaks (o compacto chegou ao 58° lugar no Reino Unido em 1986).

Lennox era fã da música e sempre achou que ela merecia uma segunda chance de chegar ao grande público, o que realmente aconteceu com a sua versão, lançada em 1994. O single chegou ao segundo lugar no Reino Unido e entrou no top 30 dos EUA, ajudando "Medusa" a ganhar discos duplos de platina nos EUA e Grã Bretanha. "No More..." também ganhou o Grammy de melhor performance pop feminina.

Clique para ver no Vagalume

Clique para ver no Vagalume

"Heart and Soul"

Um dos primeiros grandes sucessos do Huey Lewis and The News, banda das mais populares do rock americano dos anos 80, foi composta por Mike Chapman e Nicky Chinn, que escreveram uma série de hits para Sweet, Suzi Quatro e outros nomes do glam no início dos anos 70.

"Heart and Soul", só chegou ao top 10 dos EUA em sua terceira gravação. As duas primeiras foram feitas por grupos que o tempo esqueceu: o Exile, que já eram veteranos em 1981, e a usou para batizar o seu LP daquele ano. O compacto da faixa não conseguiu ir além do 102° lugar nos EUA.

No ano seguinte foi a vez dos BusBoys tentarem a sorte, e também falharem, em uma versão de levada mais soul. A gravação de Huey Lewis saiu em 1983 e estourou, com a ajuda dela, o álbum "Sports", ganhou sete discos de platina nos EUA.

Clique para ver no Vagalume

Clique para ver no Vagalume

Fonte: Vagalume

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.