Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Em crise após ser comprada pela Sony, Bungie muda direção de Marathon

Passando por um momento tumultuado, a Bungie fez mudanças na equipe de seu próximo jogo, Marathon, começando com a substituição...

Outer Space|

Em crise após ser comprada pela Sony, Bungie muda direção de Marathon
Em crise após ser comprada pela Sony, Bungie muda direção de Marathon Em crise após ser comprada pela Sony, Bungie muda direção de Marathon (Outerspace)

Passando por um momento tumultuado, a Bungie fez mudanças na equipe de seu próximo jogo, Marathon, começando com a substituição do diretor do projeto.

Christopher Barrett, que era o diretor quando o shooter de ficção científica foi anunciado no ano passado, deixou a equipe e foi substituído por Joe Ziegler, ex-diretor de Valorant na Riot.

Ziegler criou alguns dos campeões mais icônicos de League of Legends (como Zed e Jayce) antes de se dedicar à criação de Valorant. A experiência na área de FPS e, acima de tudo, em um jogo que tem encontrado sucesso, com 28 milhões de jogadores mensais, parecem credenciar o diretor, que aceitou o convite da Bungie e assumiu Marathon há nove meses. A mudança, no entanto, só foi descoberta agora pelo site IGN.

A discrição da Bungie levanta questões sobre a estabilidade na empresa. Recentemente, Destiny 2 perdeu seu diretor Joe Blackburn, que saiu para explorar outros horizontes. Agora, Ziegler está em processo de reformulação de Marathon em seu próprio estilo. Em particular, ele planeja trocar os avatares personalizáveis ​​no estilo Destiny por um elenco de heróis predefinidos à la Valorant. E se a Bungie iria investir massivamente no projeto deste novo shooter, as incertezas na produtora teriam forçado uma redução grande no orçamento. “Algo terá que cortar custos, a menos que [a expansão de Destiny 2] Final Form faça tanto dinheiro que os desenvolvedores possam gastar no Marathon”, comentou a jornalista do IGN.

Publicidade

A situação da Bungie já teria ligado sinais de alerta entre os executivos da Sony, que estariam, segundo relatos, convencidos de que a aquisição da produtora em 2022 foi um erro. Ainda segundo o IGN, os problemas começaram a aparecer já em 2022, quando a Bungie teria sacrificado uma nova franquia chamada Matter no final do ano, enquanto um protótipo de MOBA designado pelo codinome Gummy Bears teria ido para o freezer por falta de recursos e pessoal. Uma cláusula específica no contrato de aquisição permitiria à Sony absorver completamente a Bungie no caso de um desempenho fraco e contínuo. No entanto, aconteça o que acontecer, a gestão da Bungie poderá ser cortada a médio prazo.

Testemunhos ouvidos pelo IGN sugerem que funcionários de alto escalão poderão demitir-se até 2026, assim que os últimos bónus ligados à aquisição forem pagos. E aí, quem sabe o que será deste lendário estúdio.

Publicidade

Marathon seria lançado em 2025 para PC, PS5 e Xbox Series X|S.

O post Em crise após ser comprada pela Sony, Bungie muda direção de Marathon apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.