Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Nitro
Publicidade

Equipe do Arkane Studio torcia por cancelamento ou “reboot” de Redfall

Uma reportagem da Bloomberg jogou luz sobre o desenvolvimento de Redfall, revelando que os próprios desenvolvedores do jogo, o Arkane...

Outer Space|Do R7

Equipe do Arkane Studio torcia por cancelamento ou “reboot” de Redfall
Equipe do Arkane Studio torcia por cancelamento ou “reboot” de Redfall Equipe do Arkane Studio torcia por cancelamento ou “reboot” de Redfall

Uma reportagem da Bloomberg jogou luz sobre o desenvolvimento de Redfall, revelando que os próprios desenvolvedores do jogo, o Arkane Studio, não acreditavam no projeto e torciam pela decisão da Microsoft de cancelá-lo ou mudá-lo totalmente.

Diante da situação quase desesperadora da Microsoft por um lançamento exclusivo AAA para o Xbox, Redfall saiu no começo de maio mesmo sob desconfiança dos fãs, que poucas semanas antes descobriram que o jogo – um shooter em primeira pessoa – rodaria a apenas 30 quadros por segundo no Xbox Series X|S.

Mas o que era apenas uma impressão ruim acabou se revelando algo ainda pior e Redfall foi massacrado pela crítica mesmo em sua versão para PC, se tornando um dos lançamentos AAA com a pior média de notas dos últimos anos.

O próprio CEO da Microsoft Gaming, Phil Spencer, comentou sobre o lançamento catastrófico e assumiu a responsabilidade por não ter “engajado” o Arkane Studios da forma correta no projeto.

Publicidade

Agora, em reportagem publicada na Bloomberg, o jornalista Jason Schreier cita fontes anônimas que revelaram um cenário caótico no desenvolvimento, com os produtores do jogo trabalhando sem interesse em um conceito de jogo multiplayer como serviço, e com microtransações, que nunca foi a especialidade do estúdio.

A reportagem revela que a ZeniMax, dona da Bethesda, queria replicar o sucesso dos jogos de tiro multiplayer como serviço e teria visto uma oportunidade com o Arkane Austin, que em 2017 agradou a crítica com Prey, apesar do fracasso comercial do jogo. A especialidade do estúdio, porém, era em jogos de tiro em primeira pessoa criativos para um jogador, algo bem distante do multiplayer frenético e competitivo dos jogos como serviço.

Publicidade

Além disso, mais de 70% da equipe de Prey já não trabalhava no Arkane Austin enquanto Redfall era desenvolvido e o escritório texano abrigava menos de cem funcionários no final da produção do jogo.

Contratar desenvolvedores com experiência em jogos multiplayer foi problemático tanto pela localização do estúdio quanto pelo fato de Redfall ainda não ter sido anunciado, então a maioria das novas contratações ainda era atraída pelo trabalho anterior feito pelo estúdio com seus FPS imersivos.

Publicidade

Confusos com a direção do projeto, os funcionários chegaram a torcer pelo cancelamento ou a decisão por um “reboot” que revertesse Redfall ao estilo de tiro em primeira pessoa típico do Arkane. A oportunidade para isso veio com a aquisição da ZeniMax pela Microsoft por US$ 7,5 bilhões, porém a Microsoft manteve uma abordagem de não intervenção e o jogo continuou a trajetória estabelecida pela Bethesda/ZeniMax.

“A aquisição deu a alguns funcionários da Arkane a esperança de que a Microsoft pudesse cancelar Redfall ou, melhor ainda, deixá-los reiniciá-lo como um jogo para um jogador, de acordo com fontes familiarizadas com a produção. Em vez disso, a Microsoft manteve uma abordagem de não intervenção. Além de cancelar uma versão do Redfall que havia sido planejada para o PlayStation da rival Sony Corp., a Microsoft permitiu que o ZeniMax continuasse operando como antes, com grande autonomia”, escreveu o jornalista da Bloomberg.

No lançamento, Redfall sequer conseguiu cumprir a missão de ser um jogo com microtransações, e sua loja de itens ficou de fora, prometida para uma atualização futura. Não está claro se esses planos ainda estão avançando.

O post Equipe do Arkane Studio torcia por cancelamento ou “reboot” de Redfall apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.