Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Blog da Fabíola Reipert
Publicidade

Dudu Nobre alfineta Bombom

Cantor não concorda com exposição da filha pela ex

Fabíola Reipert|Do R7

Bombom e Dudu foram casados por oito anos, mas vivem se desentendendo
Bombom e Dudu foram casados por oito anos, mas vivem se desentendendo Bombom e Dudu foram casados por oito anos, mas vivem se desentendendo

Dudu nobre falou publicamente sobre o caso de abuso sexual da filha Olivia, de 20 anos, que foi à polícia dizer que foi abusada em uma festa no Rio. Ele pede privacidade, que respeitem a dor deles, principalmente da filha, e se diz inconformado com a exposição do assunto na mídia. 

O cantor e a ex-Paquita Adriana Bombom, mãe de Olivia, não têm uma boa relação. Eles foram casados por oito anos, tiveram duas filhas e se separaram em 2009. Desde então, vivem em pé de guerra. Tem até briga na Justiça.

Dudu fez um texto em que alfineta Bombom e lhe dá indiretas. O sambista não gostou de ver a ex dando entrevistas falando do assunto e contando detalhes do que aconteceu com a filha.

Veja o desabafo de Dudu Nobre:

Publicidade

"Durante minha carreira musical já passei por inúmeras situações em que minha postura como pai foi exposta e discutida sem o meu consentimento. Eu sempre relevei e procurei manter o foco da minha vida pública em minha carreira como músico, cantor e compositor.

Eu, até o dia de hoje, me mantive calado diante de todas as mentiras e calúnias que li sobre mim. Mas ontem, enquanto minha filha estava depondo, fui surpreendido com a notícia de que havia pessoas concedendo entrevistas ao vivo e falando sobre assuntos que deveriam correr em sigilo.

Publicidade

Como pai, foi a maior tristeza que já senti por não poder protegê-la de tamanha invasão de privacidade. Então, pela primeira vez, me pronuncio sobre um assunto que deveria ser privado.

Estou do lado da minha família para tudo que eles precisarem e não preciso expor aqui o tamanho da minha dor. Preciso estar forte para apoiar minha filha e defendê-la de tudo o que puder magoá-la.

Então, por isso venho pedir mais uma vez que respeitem a nossa dor e principalmente a dor dela, não compartilhem nada que a exponha, por favor. Eu acredito na Justiça e acredito que tudo vai se esclarecer e os responsáveis serão punidos."

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.