Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Flavio Ricco
Publicidade

Band ainda não confirma transmissão da Série B

Uma reunião, marcada ainda para a manhã desta sexta-feira, irá definir a questão

Flavio Ricco|Flavio RiccoOpens in new window

Série B Série B ainda não tem todas as suas transmissões definidas

Quando parecia encerrado, já com ponto final em uma novela que se arrasta há muito tempo, com Globo (jogos do Santos), SporTV, TV Brasil, Band, Premiere e Goat transmitindo a Série B, o que temos, efetivamente, é apenas uma vírgula.

O capítulo final não está inteiramente pronto. E não está porque ainda não há uma decisão da Band se irá ou não participar deste verdadeiro “consórcio”.

Como parceira da Brax, o seu nome apareceu desde o final da tarde desta última quinta-feira, entendendo que a sua inclusão no processo se daria naturalmente.

Só que não é bem assim. Antes de decidir se entrará ou não neste verdadeiro “pool”, a sua direção vai se reunião com a Brax, para entender qual a parte que lhe caberá em todo o fatiamento.

Publicidade

Sendo algo que interesse, tudo bem, mas não sendo estará fora.

Uma questão que só será definida em uma reunião, marcada ainda para esta manhã de sexta-feira.

Publicidade

Ainda nesta sexta-feira a CBF soltou a nota abaixo:

“Série B começa nesta sexta com visibilidade inédita

Publicidade

Globo, TV Brasil, Band, Sportv, Premiere e Goat vão transmitir jogos da competição, que será aberta às 19h

O Brasileirão Série B 2024 terá visibilidade inédita. A partir desta sexta-feira (19), os torcedores poderão assistir os jogos da competição em seis canais diferentes. Além dos jogos negociados pelo Santos com a Globo, a CBF acertou a exibição da Série B com TV Brasil (TV aberta), Band (TV aberta), Sportv (TV fechada), Premiere (pay-per-view) e Goat (streaming).

“Trabalhamos intensamente nos últimos meses e conseguimos construir uma competição que terá uma visibilidade inédita. Além da exposição do campeonato em várias telas, garantimos recursos financeiros para os clubes e muitas opções para os torcedores acompanharem os seus times”, anunciou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.

“A CBF vai continuar trabalhando para fazer a Série B cada vez mais atrativa para o torcedor dentro do campo e comercialmente interessante para os clubes”, acrescentou.

A primeira rodada terá todos os jogos exibidos.

Veja onde assistir aos jogos da primeira rodada

Sexta - 19/04

Novorizontino (SP) x CRB (AL) - 19h - Jorge Ismael de Biasi, Novorizonte (SP) - Premiere e GOAT

Botafogo (SP) x América (MG) - 19h - Santa Cruz, Ribeirão Preto (SP) - Sportv e Premiere

Operário (PR) x Avaí (SC) - 21h - Germano Kruger, Ponta Grossa (PR) - TV Brasil, Premiere e GOAT

Sábado - 20/04

Chapecoense (SC) x Ituano (S), 15h30 - Arena Condá, Chapecó (SC) - Sportv e Premiere

Santos (SP) x Paysandu (PA) - 16h30 - Vila Belmiro, Santos (SP) - TV Globo, Sportv e Premiere

Amazonas (AM) x Sprot (PE) - 17h - Arena da Amazonas, Manaus (AM) - TV Brasil, Premiere e GOAT

Ceará (CE) x Goiás (GO) - 18h - Arena Castelão - Fortaleza (CE) - Sportv e Premiere

Domingo - 21/04

Ponte Preta (SP) x Coritiba (PR) - 18h - Moisés Lucarelli - Campinas (SP) - TV Brasil, Premiere e GOAT

Segunda - 22/04

Vila Nova (GO) x Guarani (SP) - 21h - Onésio B. Alvarenga - Goiânia (GO) - Sportv e Premiere

Terça - 23/04

Brusque x Mirassol (SP) - 21h - Hercílio Luz - Itajaí (SC) - TV Brasil, Premiere e GOAT

Chapecoense busca fazer uma temporada melhor na Série B em 2024 Créditos: Tiago Meneghini | ACF

Quatro vagas para a Série A

As 20 equipes participantes entram na competição focadas, além do título, em terminar entre as quatro melhores colocadas para disputar a elite do futebol brasileiro. O campeão também garante vaga na terceira fase da Copa do Brasil de 2025.

Com clubes das cinco regiões do Brasil, a Série B promete muita emoção ao longo dos 380 jogos.

Confira as equipes participantes: Amazonas, América Mineiro, Avaí, Botafogo-SP, Brusque, Ceará, Chapecoense, Coritiba, CRB, Goiás, Novorizontino, Guarani, Ituano, Mirassol, Operário-PR, Paysandu, Ponte Preta, Santos, Sport e Vila Nova.

Oriundos das Séries A e C

América Mineiro, Coritiba, Goiás e Santos disputaram a Série A em 2023 e vão precisar demonstrar bom futebol para retornar.

Por outro lado, Amazonas, Brusque, Operário-PR e Paysandu vieram da Série C. A temporada de sucesso pode ser um estímulo para um bom desempenho em 2024.

Amazonas conquistou a Série C em 2023 Créditos: Leo Piva/CBF

Estreias

Nesta edição, a Série B conta com dois clubes estreantes: Santos e Amazonas, equipes que apresentam bom início de temporada com os vice-campeonatos paulista e amazonense, respectivamente.

Bom começo nos Estaduais

O torneio terá também quatro times campeões estaduais: Ceará (Cearense), Paysandu (Paraense), Sport (Pernambucano) e CRB (Alagoano). Além desses, Vila Nova (Goiano) e Brusque (Catarinense) bateram na trave da conquista e ficaram com o vice-campeonato.

No Campeonato Mineiro, o América-MG, por sua vez, chegou à semifinal, mesma fase que alcançaram Avaí (Catarinense), Novorizontino (Paulista) e Coritiba (Paranaense).

Ceará conquistou o Cearense em um final emocionante contra o Fortaleza Créditos: Felipe Santos / Ceará SC

Velhos campeões

Seis equipes já levantaram a taça da Série B em temporadas anteriores: América-MG (1997 e 2017), Coritiba (2007 e 2010), Goiás (1999 e 2012), Guarani (1981), Paysandu (1991 e 2001) e Sport (1990).

Em busca da primeira Série A

Amazonas, Brusque, CRB, Novorizontino, Ituano, Mirassol sonham em participar da elite do futebol brasileiro pela primeira vez.

Quinto e sexto colocados do Brasileirão Série B 2023, Novorizontino e Mirassol buscam ajustar os pequenos detalhes que faltaram para ficar no G-4 e chegar à almejada Série A. Já CRB e Ituano terminaram distantes da vaga do acesso (nono e 14º lugares, respectivamente) e miram fazer uma campanha melhor neste ano.

Campeão e vice da Série C, Amazonas e Brusque iniciam a Série B com a confiança do bom desempenho em 2023.

Objetivo: melhorar a colocação

Botafogo-SP, Ponte Preta e Chapecoense vão procurar reverter o desempenho na temporada passada, quando ficaram na parte de baixo da tabela, e vão briga pelas primeiras colocações do campeonato.”

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.