Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Flavio Ricco
Publicidade

Brendha Haddad muda visual para 11ª temporada da série ‘Reis’

Atriz também se dedica à campanha de conscientização da Endometriose

Flavio Ricco|Flavio RiccoOpens in new window

Brendha Haddad está de novo visual para série Reis - A Divisão

Conforme antecipado pela coluna, a atriz Brendha Haddad fechou um novo compromisso com a Record e será uma das atrações da 11ª temporada da série “Reis – A Divisão”, focada no reinado de Roboão (Henrique Camargo) e na divisão de reino com Jeroboão (Vitor Novello).

Ela dará vida a Meetabel, uma personagem que vai circular entre todos os aliados de Jeroboão.

E trabalho novo também pede um novo visual!

A atriz, aqui pelas lentes de Luiz Brown, colocou extensão nos cabelos e adotou o tom chocolate especialmente para esse próximo desafio da carreira. Tá pronta!

Publicidade

Brendha, vale lembrar, já realizou vários trabalhos na Record e também esteve em produções da Globo.

Dedicou os últimos anos ao cinema e, agora, retorna à TV em “Reis - A Divisão”, trama que seguirá “A Decadência”.

Publicidade

Além da jornada na superprodução bíblica, a artista integra o elenco do longa “Licença para Enlouquecer”.

Paralelamente à TV e ao cinema, também se dedica à campanha de Conscientização da Endometriose, na qual é madrinha e portadora da doença.

Publicidade

“Que alegria dar voz a um tema tão necessário. Precisamos falar mais sobre isso [a endometriose] e, dividir experiências, é um bom caminho para conscientização. Sentir dor não é normal”, alerta a artista.

Sobre esse assunto, tendo a Rede D’or como fonte:

“O útero é revestido pelo endométrio, um tipo de tecido que é afetado diretamente pelos hormônios, engrossando sua espessura e sendo expelido do corpo conforme o ciclo menstrual da mulher. O endométrio é o que permite, por exemplo, que o óvulo se instale ali para que possa ser fecundado pelo espermatozoide, gerando uma gravidez.”

“Quando esse tecido cresce fora do útero, em regiões da cavidade abdominal, como os ovários e a bexiga, a paciente é diagnosticada com endometriose. A paciente pode, inclusive, ter endometriose intestinal, que acontece quando parte do tecido do útero cresce no reto e no intestino grosso.”

“Normalmente, ao final do ciclo menstrual, o endométrio costuma ser expelido do corpo, por meio da menstruação. Quando há endometriose, ou seja, a presença de endométrio em outros pontos do corpo, isso não acontece, gerando dores intensas.”

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.