Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Flavio Ricco
Publicidade

Cláudio Gabriel, Tadeu em Terra e Paixão, se destaca em elenco recheado de estrelas

Flavio Ricco|Do R7 e Flavio Ricco

Cláudio Gabriel vive Tadeu em Terra e Paixão
Cláudio Gabriel vive Tadeu em Terra e Paixão Cláudio Gabriel vive Tadeu em Terra e Paixão

Se tem um personagem em “Terra e Paixão”, que desde o primeiro capítulo diverte o público com suas trapalhadas e se mantém em alta, este é o Tadeu, marido de Gladys (Leona Cavalli) e pai de Graça (Agatha Moreira).

O roteiro de Walcyr Carrasco e Thelma Guedes até possui gente especializada em comédia. Porém, é o tipo interpretado por Cláudio Gabriel que arranca gargalhadas. O personagem é um sucesso e está presente em praticamente todos os capítulos.

Em conversa com a coluna, Cláudio diz que encara este grande momento como “uma situação natural, de quem acumula muitos anos de carreira e não fica mais nervoso a ponto de se deixar abalar com a presença de monstros como Tony Ramos e Glória Pires, por exemplo”.

“Até porque são pessoas maravilhosas, que fazem questão de deixar todos se sentindo muito à vontade, como iguais. Já havia trabalhado com os dois antes e esse reencontro depois de muitos anos é de profunda felicidade, além do prazer de conhecer outras estrelas, como Tatá Werneck, Leona Cavalli e Agatha Moreira, por exemplo, também espetaculares como talentos e pessoas. O fato de circular em vários núcleos é instigante e cansativo, ao mesmo tempo. Um personagem como Tadeu, rico em camadas, demanda mais esforço. Mas é muito gratificante. Estou muito feliz com esse sucesso”, declara o ator.

Publicidade
Cláudio Gabriel em cena com Tatá Werneck
Cláudio Gabriel em cena com Tatá Werneck Cláudio Gabriel em cena com Tatá Werneck

Nas palavras do artista, o Tadeu “é o que chamamos de ‘alívio cômico’. Além de viver momentos dramáticos, onde revela toda sua falta de escrúpulos, para tentar manter-se de pé social e financeiramente, é atrapalhado, aquele que se enrola nas próprias pernas, movido por ambição desmedida”.

Sobre como trabalhar com referências de humor, como a Tatá Werneck e Thati Lopes, não economiza elogios:

Publicidade

“É maravilhoso, um aprendizado constante, nossa contracena flui natural e prazerosamente, num ambiente de respeito mútuo e muita diversão. Sou fã delas!”. 

Aliás, Cláudia Raia acabou de chegar à “Terra e Paixão”.

Publicidade

Estão previstos encontros de Tadeu e Emengarda?

“Até então, não diretamente, infelizmente. Pois tenho grande admiração pela sua trajetória. É outra referência importante no mundo do humor, mas, pra além disso, é uma atriz muito versátil, encara personagens dramáticos com a mesma entrega”, detalha o ator.

Cláudio Gabriel comenta também o que o público pode esperar do seu personagem nos próximos capítulos: 

“Há reviravoltas importantes (dentro de poucas semanas ou dias). A situação chega num limite tamanho que ele poderá correr risco de vida, tudo por conta de suas complicações financeiras.

A questão do "pix" se inverteu, no momento que ele investe como CEO na plataforma Rainha Delícia, tentando sair do buraco em que se meteu”. 

Em relação à sua exposição [Cláudio tambem é artista plástico], no Rio, pode falar um pouco sobre ela?

“Em setembro, participei de três exposições que já se encerraram no Rio de Janeiro. Mas, nos dias 25 e 26 de novembro, o público poderá conferir minhas novas pinturas, no CASARÃO - ABRE PORTAS, evento anual que acontece no Casarão das Artes, uma casa histórica que hoje abriga ateliês de artistas visuais de variadas linguagens, que nestes dias abrem suas salas para visitação e vendas das obras. O casarão fica na Rua Mário Portela, 285, em Laranjeiras. O evento acontece de 15h às 20h.

Como ficam seus projetos depois da novela?

“Talvez um filme, mas ainda não posso falar sobre o projeto, e dar continuidade no meu curso de interpretação para humor, a Oficina do Riso, na CAL - Casa das Artes de Laranjeiras.

Nova turma em janeiro, curso de verão iniciando dia 6. Em breve as inscrições estarão abertas no site da escola. Divulgarei no meu perfil do Instagram: o @arte_claudiogabriel”, conclui.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.