Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Flavio Ricco
Publicidade

 Day Mesquita fala sobre streaming e a volta de Cheias de Charme

Flavio Ricco|Do R7 e Flavio Ricco

Day Mesquita se prepara para voltar à TV após chegada do primeiro filho
Day Mesquita se prepara para voltar à TV após chegada do primeiro filho Day Mesquita se prepara para voltar à TV após chegada do primeiro filho

Day Mesquita, atualmente na reprise de “Amor Sem Igual” na Record, comemora a chegada de “Cheias de Charme” ao Globoplay, produção que completou 20 anos desde o seu lançamento.

Na trama, escrita por Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, ela interpreta a advogada Stela, que forma um triângulo amoroso com Elano (Humberto Carrão) e Cida (Isabelle Drummond).

Vale lembrar que a atriz, em 26 de setembro, deu à luz seu primeiro filho, Dom, fruto do relacionamento com o ator e produtor de teatro Pedro Saeys.

Day, porém, já está em ritmo de aquecimento para retomar os seus trabalhos artísticos. 

Publicidade

Inclusive ela tem um trabalho ainda inédito, a série “Tudo de bom”, dirigida por Ajax Camacho e destinada ao streaming, que deve ser disponibilizada em 2023.

E é sobre este importante mercado das plataformas de streaming que a atriz conversou com a coluna.

Publicidade

“A força que o streaming vem ganhando é maravilhosa em vários aspectos, tanto para as pessoas que trabalham na indústria, visto o crescimento de oportunidades que são geradas através dessas produções, quanto para o público, que ganha em qualidade e variedade, tendo uma liberdade maior de escolha do que consumir e quando”, avalia a artista.

Day também comenta o atual “intercâmbio” entre profissionais brasileiros e estrangeiros e o sucesso das nossas séries lá fora: 

Publicidade

“Filmes e séries nacionais têm conquistado cada vez mais não apenas o público brasileiro, mas o estrangeiro. Nunca foi tão possível ter seu trabalho ultrapassando fronteiras e também é muito positivo o “intercâmbio” de obras e elencos.”

E conclui: “Hoje podemos ver muitos atores brasileiros atuando em produções internacionais e atores de fora fazendo trabalhos aqui. A tendência é essa globalização crescer ainda mais”.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.