Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Flavio Ricco
Publicidade

Globo deveria preservar o repórter Eric Faria para evitar encrenca na final da Copa do Brasil

Jornalista foi flagrado, em áudio vazado após o primeiro jogo da decisão, xingando o técnico do Flamengo

Flavio Ricco|Flavio Ricco e Flavio Ricco

Eric Faria, repórter esportivo da Globo
Eric Faria, repórter esportivo da Globo Eric Faria, repórter esportivo da Globo

A Globo, se não quiser encrenca, deve usar de cuidados na escalação da sua equipe na final da Copa do Brasil, entre São Paulo e Flamengo, no próximo domingo. Por exemplo, preservar o repórter Eric Faria.

Jogo no Morumbi, os últimos acontecimentos ainda muito vivos e alguns agora até lembrando a final de 2017, um jogo na Vila Belmiro. Época que ainda não tinha VAR e um gol do Santos anulado por impedimento. O Eric foi acusado de dar a letra para o banco do Flamengo. Maior confusão.

Então, agora, pra que expor o moço, que foi flagrado xingando o técnico do Flamengo, Jorge Sampaoli, em áudio vazado após a derrota de 1 a 0 na partida de ida da decisão?! 

Sempre uma encrenca

Assim como nos times de futebol, escalas de transmissões esportivas sempre dão muito o que falar. Caio Ribeiro, por exemplo, já foi titular nos comentários. Pode até aparecer domingo, mas não é mais como antes. Luiz Carlos Jr., outro exemplo. Não foi lembrado para esta final. Complicado.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.