Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Flavio Ricco
Publicidade

Jornalismo, dramaturgia e Fazenda impulsionam audiência da Record

Flavio Ricco|Do R7 e Flavio Ricco

Adriane Galisteu, quarta-feira, na apresentação de "A Fazenda"
Adriane Galisteu, quarta-feira, na apresentação de "A Fazenda" Adriane Galisteu, quarta-feira, na apresentação de "A Fazenda"

Era só uma questão de tempo para a atual edição de “A Fazenda”, comandada por Adriane Galisteu, soltar “faíscas” e mexer com o público em casa e nas redes sociais. Na quarta-feira, com a prova do fazendeiro, o reality rural ficou 16 minutos em primeiro lugar e ainda marcou o dobro da emissora terceira colocada, em São Paulo. No ar das 22h57 à 0h28, o programa registrou 8,1 pontos de média, pico de 9,4 pontos e share de 17,1%, enquanto a concorrente obteve apenas 3,9 pontos na mesma faixa.

No Rio, “A Fazenda” bateu recorde de audiência da temporada, 8,4 pontos, e também garantiu o segundo maior share do ano, 18,8%, além de ter ficado 13 minutos na liderança. O pico foi de 9,4 pontos. Com o resultado, também conquistou mais que o dobro da média da terceira colocada, que obteve 3,3 pontos no mesmo horário.

O capítulo de “Amor Sem Igual” também não decepcionou: bateu recorde de audiência no Rio de Janeiro, com 7,9 pontos de média. Com o resultado, a trama também abriu larga vantagem sobre o SBT, que marcou 3,8 pontos.

Em São Paulo, média de 6,3 pontos, pico de 8,6 pontos e share de 10,4%, superando a terceira colocada, que alcançou média de 5,2 pontos.

Publicidade

Já o capítulo de “Reis”, quarta-feira, não só garantiu o segundo lugar isolado em SP e no RJ como também bateu recorde nas duas praças. Na faixa das 21h15 às 22h16, marcou, em São Paulo, as maiores média e participação desta quarta temporada, de 7,6 pontos e 11,2%, respectivamente, além do pico de 8,8 pontos. A terceira colocada registrou média de 5,4 pontos.

No Rio, a vantagem foi ainda maior. A série obteve sua mais alta média, de 8,6 pontos, e o mais alto share, de 13%, na quarta temporada, enquanto a concorrente marcou 3,5 pontos de média.

Publicidade

O Jornal da Record encerrou na noite de quarta-feira, a série de sabatinas com candidatos à presidência da República ao receber Simone Tebet (MDB). O programa garantiu o segundo lugar isolado em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Na capital paulista, na faixa completa, o Jornal da Record alcançou 6,6 pontos de média, pico de 8,6 pontos e share de 9,6%, enquanto a terceira colocada ficou com 5,3 pontos. O telejornal foi exibido das 19h40 às 21h15.

Publicidade

A entrevista de Simone Tebet ao jornalista Eduardo Ribeiro foi ao ar das 19h41 às 20h22, e registrou 6,8 pontos de média, pico de 8,1 pontos e share de 9,8%.

No Rio de Janeiro, a sabatina atingiu 6,3 pontos de média, 7,5 pontos de pico e share de 8,9%, enquanto a terceira colocada atingiu 3,8 pontos de média.

No horário total, o programa conquistou média de 6,1 pontos, pico de 7,9 pontos e share de 8,8%, contra 3,3 pontos de média do canal em terceiro lugar.

“Chamas da Vida”, “Fala Brasil” e “Cidade Alerta” também ocuparam a vice-liderança de audiência no mesmo dia.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.