Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Karine Teles revela como encara suas personagens

Flavio Ricco|Do R7 e Flavio Ricco

Karine Teles é uma das protagonistas de 'Elas por Elas'
Karine Teles é uma das protagonistas de 'Elas por Elas' Karine Teles é uma das protagonistas de 'Elas por Elas'

A atriz Karine Teles está no ar na novela das 6 da Globo, “Elas por Elas”, na qual interpreta Carol.

Uma mulher bem-sucedida profissionalmente, respeitada e premiada, mas que acabou deixando a vida social de lado.

Teles diz que a personagem é muito complexa.

“Ela tem duas características quase opostas. Eu a vejo como um pouco imatura, pois tem um ciclo social pequeno. Ela é uma mulher madura, ao mesmo tempo que age como se fosse uma adolescente”, detalha a atriz.

Publicidade

Sobre a repercussão da trama, ela conta que “tenho escutado só coisas boas! Me parece que as pessoas estão gostando muito da novela. Eu mesma estou adorando acompanhar”.

Carol é uma personagem bastante diferente de outras que Teles já interpretou, fato que a atriz menciona ser importante:

Publicidade

“Ela tem características interessantes com que eu nunca tinha trabalhado antes. Gosto de fazer personagens diferentes umas das outras. Isso é importante pra mim e pra minha pesquisa pessoal de atriz. Gosto de encontrar características únicas nas personagens que as torne diferentes entre si o máximo possível”.

Por fim, ao ser questionada sobre como é interpretar uma protagonista, Teles reforça que se dedica igualmente a todos os trabalhos e diz que o que muda é o tempo.

Publicidade

“Não penso nunca nas minhas personagens como protagonistas ou coadjuvantes. Mesmo que eu vá fazer uma participação em algum projeto, a personagem que farei será o centro do mundo dela, portanto penso em dar a ela complexidade, riqueza de detalhes, e me dedico a criá-la do mesmo jeito. Fazer novela é puxado, então preciso estar bem para poder fazer meu trabalho com o empenho que eu gosto”, declara.

Além da novela, Karine aguarda alguns lançamentos, entre eles a estreia da série "João sem Deus", no Canal Brasil, o curta “A Lama da Mãe Morta”, de Camilo Pellegrini, e, ainda, em novembro, “Tá Escrito”, filme de Matheus Souza.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.