Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Lei contra a publicidade infantil é descabida, ultrapassada e absurda

Passa também por aí a desatenção com o possível telespectador de amanhã. Ou alguém duvida?

Flavio Ricco|Flavio Ricco e Flavio Ricco

Enquanto na TV aberta tudo é proibido, o digital nada de braçada
Enquanto na TV aberta tudo é proibido, o digital nada de braçada Enquanto na TV aberta tudo é proibido, o digital nada de braçada

Uma das questões mais delicadas da TV aberta é a fuga, até por força das contingências, do público infantojuvenil. Enquanto para ela tudo é proibido, por causa de uma lei descabida e ultrapassada, o digital vai nadando de braçada.

Lá tudo pode. Até o que não pode.

Até quando essa absurda lei que não permite propaganda infantil vai continuar e ninguém se apresentar para acabar com essa distorção?

Passa também por aí a desatenção com o possível telespectador de amanhã. Ou alguém duvida?

Publicidade

Hoje, o que pode ser mais saudável para o público infantil, a TV aberta ou o digital? Qual é menos perigosa?

Na televisão, há sempre o cuidado com a qualidade, no falar, no que é colocado e tudo o que é veiculado. Entre tantas coisas. Tem também a “classificação indicativa”. Por acaso existe alguma dessas responsabilidades nos outros meios? E o que mais se vê é criança, no começo de vida, com celular na mão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.