Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

CusCuz Clã, o novo grupo racista, fascista e genocida do Brasil

Em comício num palco cheio de brancos, ricos e nenhum trabalhador, Lula revela que Bolsonaro é mandante de grupo supremacista

Melhor Não Ler|Do R7

Lula em vídeo publicado nas redes sociais neste 7 de Setembro
Lula em vídeo publicado nas redes sociais neste 7 de Setembro Lula em vídeo publicado nas redes sociais neste 7 de Setembro

Apesar de suas ligações com uma facção muito conhecida no Brasil, cuja sigla termina com CC, Lula revelou – em mais um daqueles discursos que mais parecem alucinações – que o problema deste país é a criação da CCC, a CusCuz Clã.

Em seu discurso, trajando a cor símbolo dos comunistas, Lula vira para as pessoas atrás de si – todas brancas, ricas e que passam longe de serem considerados trabalhadores – e questiona Dilma Rousseff, a ex-presidente defenestrada, sobre o que chamou de “ato do Bolsonaro”, referindo-se às comemorações de Sete de Setembro:

“Foi uma coisa ‘muintingraçada’, que no ato do Bolsonaro, parecia uma reunião da CusCuz Clã. Só faltou o capuz. Porque não tinha negro, não tinha pardo, não tinha pobre, não tinha trabalhador”, disse o petista, que mais parecia estar descrevendo a lista de convidados de seu casamento.

No dia seguinte, depois de ter chamado milhões de brasileiros de membros de grupo racista, Lula tentou consertar suas bobagens, digo, suas falas, dizendo: “Ontem eu disse no comício, que o palanque aqui da Copacabana, pela fotografia que eu vi, e eu só vi na televisão, era supremacia branca no palanque, tá? Eu até comparei que parecia um pouco a Cuscuz Clã, só faltou o capucho, só faltou a máscara.”

Mas, tirando a péssima dicção, relevando as declarações cada vez mais estapafúrdias e fingindo não ver que as falas do petista estão cada vez mais fora da realidade e que ele não consegue mais esconder sua conduta comunista/leninista – principalmente no que se refere a acusar os outros de serem o que ele é e de fazerem o que ele faz – Lula deixou uma mensagem de otimismo para os brasileiros: se você estava em uma das comemorações de Sete de Setembro de Norte a Sul do país, você é rico. E viva a Cuscuz Clã!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.