Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

Diga-me como te comportas e te direi por que teu país é o que é

Confira um compilado de manchetes que mostram como o comportamento da população reflete o estado geral do Brasil

Melhor Não Ler|Do R7

Ainda que possa parecer, nenhuma das manchetes abaixo são fake news. Infelizmente, todas são reais oficiais e nos fazem entender que os políticos são nada mais do que um reflexo do povo que os elege.

“Carreta carregada com livros tomba na Fernão Dias; carga não é saqueada” – Jornal Estado de Minas, 27/07/2022.

É claro que ninguém deveria saquear nenhum tipo de carga, mas se fosse cerveja, cigarro ou qualquer outra coisa (por mais inútil que pudesse ser), sumiria da pista em questão de segundos. Mas nesse caso, a via ficou interditada por horas a fio.

“Estudante de direito chuta agente de trâansito após ser multado” – Record News, 19/04/2024.

Publicidade

Se o cidadão de 35 anos de idade – que estuda para ser um promotor da lei – dá uma “voadora” no agente de trânsito por causa de uma multa de R$ 195, o que será capaz de fazer depois que receber seu diplominha?

“Sorveteiro gasta indenização de R$ 71 mil em um mês – Ambulante promove churrascadas, compra celular, moto e passarinhos, mas sem dinheiro, volta a vender sorvete” – R7, 12/08/2021.

Publicidade

Pai de uma bebê, torrou todo dinheiro da indenização devido à tragédia de Mariana (MG) em 32 dias. Ele diz que não se arrepende de nada porque “viveu como um rei”.

“Ex-mendigo diz que agora ganha R$ 13 mil por semana e mora em hotel de luxo” Portal Potiguar, 27/04/2022.

Publicidade

“Saiba quem sustenta a vida de luxo do ex-morador de rua flagrado tendo relações sexuais” – Jornal Opção, 21/04/2022.

Quem não se lembra do mendigo que virou “influenciador digital”, ganhou dinheiro fazendo “presença vip” em festas, circulou como “rei” no carnaval carioca e morou em flat de luxo?

Seu grande feito foi ter exposto detalhes de relações sexuais com uma mulher casada em plena via pública. Esse é o tipo de pessoa que o brasileiro aplaude, usa, se diverte e depois joga fora, afinal... “Após fama passageira, mendigo Givaldo Alves volta a ser morador de rua” – Jornal de Brasília, 28/20/2022.

“Mulher leva morto em cadeira de rodas ao banco e tenta sacar empréstimo de R$ 17 mil” – CNN Brasil, 17/04/2024.

É desnecessário tecer qualquer comentário, mas vamos apenas registrar que o Brasil não cansa de produzir gente capaz de envergonhar mais de 200 milhões de pessoas de uma vez só.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.