Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

Pais sentem-se ignorantes e querem respostas

Grupos de pais estão se mobilizando por não saberem como responder aos questionamentos dos filhos. Onde buscar ajuda?

Melhor Não Ler|Do R7

Pais já se deram conta que “porque sim” não é resposta
Pais já se deram conta que “porque sim” não é resposta Pais já se deram conta que “porque sim” não é resposta

Que não dá para enganar as crianças de hoje, os pais já se deram conta, assim como também já assimilaram que “porque sim” não é resposta. Porém, diante dos questionamentos atuais, muitos não sabem mais o que fazer e nem onde buscar respostas.

Eis algumas das perguntas feitas por crianças entre 6 e 11 anos que colocaram os pais em “xeque”.

Por que heterossexuais dizem que casamento no papel não significa nada, enquanto homossexuais lutam pelo direito de se casar no papel?

Por que as pessoas falam que é preciso amar o próximo, mas enganam, mentem e passam a perna nos mais próximos por qualquer coisa?

Publicidade

Por que jornalistas dizem que a censura era ruim na ditadura, mas querem que as comunicações sejam regulamentadas e que seus desafetos sejam calados?

Por que as pessoas dizem que a ciência está acima de tudo, mas não saem de casa sem ler o horóscopo, fazem “simpatia” e acham que espantam o azar dizendo “pé de pato, mangalô, ‘treis veis’”?

Publicidade

Por que tem gente que trabalha feito louca para financiar carros caríssimos, mas depois reclama de enfrentar o trânsito para ir trabalhar e poder pagar os tais carros?

Por que as pessoas postam nas redes sociais a hashtag “Viva o SUS” se na hora que ficam doentes correm para hospitais particulares porque não querem ser atendidas pelo SUS?

Publicidade

Por que os professores dizem que devemos questionar tudo, mas quando questionamos certas coisas nos chamam de negacionistas e nos mandam calar a boca?

Quem souber responder, ajude postando as explicações nas redes sociais usando a hashtag “Pais Desesperados”.

Esta crônica é uma ficção, mas poderia não ser...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.