Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

Piada pronta: Comunidade LGBT defende Palestina, onde homossexualidadeé crime

Grupos de manifestantes homossexuais se posicionam a favor do Hamas, que os varreria da Terra na primeira oportunidade

Melhor Não Ler|Do R7 e Patricia Lages

LGBTS protestam à favor da Palestina, na guerra de Israel
LGBTS protestam à favor da Palestina, na guerra de Israel LGBTS protestam à favor da Palestina, na guerra de Israel

Aqui vão algumas informações sobre o Hamas para quem ainda não entendeu que se trata de um grupo terrorista:

Os escritórios do Hamas estão localizados nos subsolos de escolas, zonas residenciais e hospitais, pois seus líderes não têm o menor problema de usar os próprios cidadãos palestinos como escudos humanos.

Israel restabeleceu o fornecimento de água e luz em Gaza há vários dias, porém, a população continua sem esses serviços essenciais porque o Hamas destruiu os encanamentos e as instalações elétricas para usar os materiais na fabricação de foguetes.

O Hamas treina meninos palestinos desde a mais tenra idade para protagonizarem ataques suicidas e morrerem como mártires.

Publicidade

Ainda assim, há pessoas que saem às ruas para se manifestarem a favor do Hamas sob a desculpa de estarem lutando por uma Palestina livre, sendo que quem tira a liberdade dos palestinos é o próprio Hamas. Enfim.... 

Porém, ver o movimento LGBT indo às ruas para defender a Palestina – onde a homossexualidade é crime – e para minimizar as ações do Hamas – que simplesmente mata homossexuais sem qualquer cerimônia – é o fim da picada!

É piada pronta ou ignorância elevada à última potência...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.