Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

Robin Hood à brasileira Parte 2: punir quem produz e incentivar a ineficiência

Para que em breve mais da metade do país tenha mais gente recebendo benefício do que trabalhando é preciso tributar quem produz

Melhor Não Ler|Do R7

Vamo que vamo, Brazeeeel! Falta pouco para que este país onde a lei do mínimo esforço impera tenha mais gente de papo pro ar do que trabalhando.

No episódio de hoje da comédia pastelão Robin Hood à brasileira, trazemos dados que você vai amar: escolhemos cinco itens da lista de básicos dos básicos para fazer um comparativo entre a carga tributária no Brazel e nos Estados Unidos.

O que dizer de um país que acha bacanão taxar medicamentos em até 83%?
O que dizer de um país que acha bacanão taxar medicamentos em até 83%? O que dizer de um país que acha bacanão taxar medicamentos em até 83%?

Água

Tributação nos EUA: 0%

Publicidade

Tributação no Brazel: 45,1%

Energia elétrica

Publicidade

Tributação nos EUA: 6,5%

Tributação no Brazel: 45,8%

Publicidade

Telefonia

Tributação nos EUA: 6,5%

Tributação no Brazel: 47,85%

Gasolina

Tributação nos EUA: 15,9%

Tributação no Brazel: 59,7%

Medicamentos

Tributação nos EUA: de 0% a 6,5%

Tributação no Brazel: de 0% a 83%

O que dizer de um país que acha bacanão taxar medicamentos em até 83%? Ah! Deve ser para “dar de graça” lá no SUS...

Se você achava que a maior enganação era aquela ideia de pagar a metade do dobro, experimente pagar o dobro e não levar nem a metade!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.