Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

Traduzimos o discurso de Lula no Complexo do Alemão

Conheça as propostas do petista para a comunidade carioca e entenda o significado de cada promessa elaborada pelo partido

Melhor Não Ler|Do R7

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

É preciso reconhecer que entre aquele pessoal que controla os “eventos” que acontecem no Complexo do Alemão e todos os “bondes” que de lá partem, Lula se sentiu entre amigos. O petista fez inúmeras promessas, caso seja eleito e possa “voltar à cena do crime”, como definiu seu vice Geraldo-Chuchu-Alckmin.

Para aqueles que comandam a coisa toda e se intercalam entre os “grupos” CV e TC, Lula disse que “antes de vir polícia, deve vir educação”. Ou seja, o mandante do PT tranquilizou seus cupinchas de que a polícia não vai chegar lá no pedaço, isso porque, como ele não pretende “ir com educação”, os “gambé” também não vão poder ir.

Lula também disse que “quem resolve os problemas da comunidade é o Estado”, o que deixou o pessoal do comando em êxtase. Afinal de contas, todo mundo sabe da ineficiência dos governos petistas em combater o tráfico de drogas, os assaltos, os sequestros e tudo mais. Logo, partindo de um governo que não resolve e não deixa resolver, significa que tá tudo tranquilo, tá tudo dominado!

Só teve um probleminha: Lula não pode repetir lá no Alemão o que passou a campanha inteira falando em tudo quanto foi lugar: desarmamento. Nenhuma palavra foi dita nesse sentido, por isso, toda galera local vai poder continuar com seus fuzis, granadas, metralhadoras, suas munições traçantes e todas as demais “ferramentas” de uso exclusivo das forças armadas que ninguém sabe como foram parar lá, mas que lhes são tão úteis.

Publicidade

A única coisa que não conseguimos traduzir foi esta fala do amigo de longa data de Daniel-Ditador-da-Noruega-Ortega e de Alberto-100%-de-inflação-Fernandez: “Com emprego, o povo vai voltar a comer três vezes ao dia”. Os trabalhadores – os verdadeiros – que lá residem não sabem de onde Lula tirou o verbo “voltar”, porque dos 14 anos de PT no poder é que não foi...

Outra coisa que não ficou clara foi como o petista vai dar emprego para as pessoas se ele perguntou como se criam empregos e ele mesmo respondeu “não sei”. Enfim, mas essa última promessa é só um detalhe, uma vez que ele não foi lá para falar com os trabalhadores – os verdadeiros.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.